Torcedores – um inclusive estava ‘enrolado’ com vestimenta da seleção brasileira – furtaram equipamentos, objetos pessoais e dinheiro das equipes da rede Bandeirantes de TV e também da Record. O fato aconteceu durante o velório coletivo dos jogadores da #Chapecoense, na Arena Condá, nesse último sábado (3). Enquanto a cerimônia acontecia, os funcionários da Band estavam sendo roubados próximos ao estacionamento da Arena. Já a equipe da emissora de Edir Macedo foi furtada nos arredores dos “santuários” construídos no local do estádio para homenagear as vítimas do trágico acidente aéreo que matou a maior parte dos jogadores do time catarinense, dezenas de jornalistas e tripulantes da aeronave.

Os funcionários da Band perderam alguns equipamentos que estavam em uma mala.

Publicidade
Publicidade

Já os profissionais da Record sofreram a perda de uma mala de um dos seus integrantes. Nela havia cartões, documentos, bens pessoais e dinheiro. O ‘santuário’, inclusive, foi construído pela própria torcida da Chapecoense. De acordo com as imagens gravadas pela segurança do local no momento dos furtos e que já estão nas mãos da polícia, é possível perceber que há um torcedor ‘enrolado em uma bandeira do Brasil’ se aproximando dos pertences do repórter e aproveitando de um momento de ‘distração’ do profissional de jornalismo.

O criminoso se aproximou, pegou a mala e saiu sorrateiramente do estádio, com todos os pertences da equipe de jornalismo. Em ambos os furtos – com as equipes da Record e da Band – os funcionários da TV que foram furtados abriram boletins de ocorrência e aguardam uma resposta da Polícia Militar.

Publicidade

O acontecimento não reflete nas milhares de homenagens feitas pela maior parte da torcida da Chapecoense durante toda a semana, logo após saber da tragédia acontecida na madrugada de terça-feira (29). Os torcedores da Chape lotaram a Arena Condá nesse último sábado (3) para dar o último adeus aos 19 integrantes da equipe que foram mortos nesse trágico acidente aéreo. No Brasil, exemplos de solidariedade de outros torcedores, equipes e jogadores foram divulgados nas TVs e redes sociais. Todos, com os dizeres “Força Chape”, lembraram do evento fatídico e prestaram respeito.