Nesta terça-feira, 6, os médicos do Hospital San Vicente, na Colômbia, não trouxeram boas informações sobre o estado de saúde do goleiro Follmann. Ele voltou a ser entubado e, segundos os médicos, terá a amputação aumentada. A informação foi dada em uma entrevista coletiva, que tinha dois médicos do Brasil. Já os colegas de Follman, Alan Ruschel e Rafael, estão em fase de controle do dano. O caso do goleiro é o mais complicado de todos. Ele luta pela vida. Já Neto, desde que foi internado, está entubado. Sonagli, um dos especialistas colombianos, disse que se preocupa muito com o fato do zagueiro não estar conseguindo recuperar a vida.

O melhor dos casos é o de Alan Ruschel.

Publicidade
Publicidade

Ele já está até andando dentro do hospital, mesmo tendo uma fratura na região lombar. A expectativa e´que ele seja o primeiro a ser liberado para a quarto. A previsão é que isso aconteça já nesta semana. O outro sobrevivente, Rafael, já consegue ficar sentado. Isso, segundo os especialistas, é uma grande conquista, já que ele teve uma grave lesão no tórax. O quadro de pneumonia do jornalista está sob controle. A maior preocupação é com os seus picos de febre altos. Ele tem oscilado bastante com o estado febril. O goleiro Follmann também deveria estar nessa fase, que é a de sentar, no entanto, não foi isso o que aconteceu.

Os médicos disseram que ele está com uma infecção grave e que, por isso, decidiram entubá-lo novamente. O jornalista ainda não teria caminhado porque está com o pé fraturado.

Publicidade

O objetivo agora é esperar a recomposição do osso para que se possa tentar andar com o único profissional da mídia sobrevivente. A entubação do goleiro da #Chapecoense também foi feita para fazer uma limpeza nas infecções de seu corpo. Além disso, a amputação do atleta será aumentada.

Inicialmente, o corte feito pelos médicos foi de quinze centímetros abaixo do joelho, mas agora, ele perderá mais centímetros da perda direita. Estava existindo no local o que se chama de necrose muscular. Com isso, será necessário uma diminuição do osso no local.