A reportagem da jornalista Kiria Meuer, da RBS, que foi ao ar no Jornal Nacional, mostrando os bastidores do velório coletivo da delegação da Chapecoense, que aconteceu na Arena Condá, na cidade de Chapecó, em Santa Catarina, revoltou os internautas.

De acordo com o portal de notícias online R7, a repórter da Globo, acompanhou as famílias em um ônibus até o aeroporto, daquela cidade, onde os corpos da delegação da Chape desembarcaram. A jornalista filmou o trajeto e a reação dos familiares com um celular e chegou a fazer algumas entrevistas. Saiba mais aqui.

Globo causa revolta na internet

A reportagem de Kiria Meuer, foi ao ar no Jornal Nacional deste sábado (3), nela foi mostrado de perto a dor e o sofrimento das familiares dos jogadores e demais componentes da delegação da #Chapecoense.

Publicidade
Publicidade

A jornalista usou seu celular para gravar as imagens dentro do ônibus e mesmo em um momento de extrema comoção e tristeza, ela insistiu em entrevistar algumas pessoas. No aeroporto ela voltou a importunar os parentes das vítimas.

Depois a reportagem mostra a área reservada para os familiares já na Arena Condá, onde foi possível ver alguns familiares desesperados, chorando e até mesmo gritando.

Em um dado momento ela se aproxima de uma mulher e pergunta de quem ela era parente, a senhora responde, “Sou esposa do fisioterapeuta, Rafael Lobato”. Kiria então faz o seguinte comentário, até que enfim a espera acabou, a mulher olha para ela com cara de poucos amigos e responde, “não o pior vem agora”. Mesmo depois desta resposta indignada, ela continuou a fazer a matéria.

Reportagem sensacionalista

Milhares de pessoas postaram comentários na internet, afirmando que este tipo de reportagem foi extremamente desnecessária, e que a dor dos familiares e amigos das vítimas mereciam todo o respeito da imprensa.

Publicidade

Algumas pessoas chamaram a matéria de sensacionlista, um internauta postou o seguinte comentário, "Gravar as famílias indo para o enterro de seus familiares é algo que não precisava, esse momento de dor merecia respeito”.

"Terrível esse cobertura feita pelo Jornal Nacional com foco dentro (com celular em punho) do espaço de luto", criticou um internauta em seu Twitter.

Algumas pessoas chegaram a defender a jornalista, dizendo que ela apenas estava fazendo seu trabalho.

Qual a sua opinião, deixe aqui seu comentário. #TV Globo #Velório Chape