O "Bom Dia Brasil" mostrou na manhã desta quarta-feira, 14, as imagens que já são sucesso no estado de Minas Gerais, onde "super-heróis" salvam uma família da morte, pois a casa estava pegando fogo e o incêndio tomava conta dos cômodos da residência.

O que aconteceu na verdade é que um "trenzinho da alegria" estava passando pelo local. É um veículo adaptado, onde as crianças são transportadas em companhia dos pais ou responsáveis e do lado de fora alguns membros da equipe seguem animando a todos por onde passam e no mesmo estilo da "Carreta Furacão", eles se vestem de super-heróis.

Nesse caso, um estava vestido de Flash e o outro de Homem-Aranha.

Publicidade
Publicidade

Por onde a carreta passa, com muita música e luzes, os dois funcionários vão correndo do lado e na frente do veículo, brincando com as pessoas que encontram pelas ruas, subindo no "trenzinho", animando as crianças e também os adultos. E eles estavam no meio de um passeio quando viram que tinha uma casa pegando fogo. Imediatamente, eles deixaram a brincadeira de lado e entraram na residência para tirar todos que estavam lá dentro.

Quem colocou fogo na residência foi o senhor Joaquim Afonso Sebastião; é a filha dele que mora na casa e ela ficou bastante ferida e precisou ser internada. A neta do senhor também estava na casa, ela tem apenas 7 meses, mas felizmente não sofreu queimaduras graves e está passando bem. O homem já foi preso e agora mãe e filha agradeceu aos dois rapazes que estavam no lugar certo, no momento certo e se comportaram como verdadeiros heróis.

Publicidade

Mesmo não tendo a rapidez do The Flash, nem os poderes do Homem-Aranha, eles não pensaram duas vezes para entrarem na casa em chamas e salvarem mãe e filha do incêndio.

E quando o "Bom Dia Brasil" deu a notícia, as pessoas confundiram os dois heróis com os que trabalham na "Carreta Furacão", tanto é que esse termo foi parar entre os assuntos mais comentados do Twitter. Quem ficou com a fama toda foi a Carreta Furacão, mas os dois rapazes não se importam, pois fizeram isso porque se preocuparam em salvar vidas e não com o sucesso.

Assista ao vídeo da reportagem:

#Tragédia #Televisão #Incêndio