As câmeras de segurança de um edifício mostram os momentos de terror vividos por uma faxineira. É possível ver no vídeo a faxineira de 43 anos sendo agredida de forma violenta por um morador. O caso aconteceu nesta quinta-feira (29), aproximadamente às 16h, em um prédio localizado na Praia do Canto, na cidade de Vitória, capital do Espírito santo.

De acordo com informações das pessoas que testemunharam a #agressão, o homem chegou ao prédio em um veículo Onix laranja e já apresentava sinais de que estava alterado. Ele sai da garagem caminhando, porém, no caminho sofre uma queda e entra em convulsão. Foi nesse instante que o porteiro, a faxineira e outra funcionária do local chegam próximo do homem para tentar ajudá-lo.

Publicidade
Publicidade

No entanto, o homem recuperou os sentidos e a funcionária e o porteiro notaram que ele continuava alterado e se afastaram rápido. O morador se levanta e começa as agressões contra a faxineira. Foram vários socos, chutes e pontapés, a mulher não resiste às pancadas sofridas e desmaia. Porém, sem nenhuma misericórdia, o agressor continua a sessão de tortura com a mulher desmaiada.

Os primeiros moradores que chegaram ao local chamaram o SAMU e acionaram a polícia. O morador que praticou a agressão e a faxineira foram encaminhados para atendimento médico no Hospital São Lucas.

Um morador do prédio, que preferiu não ter sua identidade revelada, falou que o agressor é uma pessoa considerada tranquila e ficou espantado com a atitude dele. Afirmou ainda que o homem nunca havia se envolvido com problemas no condomínio.

Publicidade

A vítima trabalhava no condomínio há aproximadamente cinco anos, sendo uma pessoa muito estimada pelos moradores do lugar. A filha da faxineira contou que a mãe está consciente e conversando normalmente, porém, reclama de várias dores, principalmente no pescoço.

O provável motivo das agressões é que o homem estivesse sob efeito de entorpecente e álcool. A Sesp – Secretaria de Estado da Segurança Pública e Defesa Social - divulgou um notificado informando que foram encontradas dentro do veículo do agressor latas de cerveja e 13 pinos de uma substância parecida com cocaína.

O agressor foi encaminhado à delegacia e autuado pelo uso de entorpecentes e tentativa de feminicídio. #Crime #Violência