Um homem acusado de violentar sexualmente e espancar a mãe de um colega foi preso pela Delegacia Especializada de Defesa da Mulher (DEDM), na manhã de quarta-feira, 30 de novembro. O acusado foi identificado como Edevilson Gonçalves, de 22 anos, mais conhecido como “Pelé”. Ele teve um mandado de prisão temporária decretado pelos crimes de estupro e tentativa de homicídio.

Entenda o caso

O suspeito estava trafegando com a sua motocicleta por uma via pública quando abordou uma mulher, no dia 11 de novembro, no bairro Nova Esperança, na cidade de Cuiabá (MT). No primeiro momento, o indivíduo tentou uma conversa com a vítima relatando se amigo do seu filho.

Publicidade
Publicidade

Como ela não tinha intimidade com o sujeito, não deu atenção e continuou caminhando, no entanto, ele acelerou a sua motocicleta e saiu em disparada. Quando a jovem passava em frente a uma casa abandonada, o acusado veio em sua direção, a agarrou e a levou para dentro da casa. Já dentro do imóvel, ela foi jogada no chão.

Quando ela tentou escapar do acusado, ele começou a desferir murros na cabeça da jovem. De acordo com o depoimento da mulher, ela chegou a implorar para que o sujeito parasse em nome da amizade que ele tinha com o seu filho, mas não adiantou e ele continuou a agredindo. Em seguida, o criminoso levou a mulher para o lado de fora da casa, e a jogou em uma vala no quintal da residência e continuou com as agressões. Segundo a jovem, ela só não foi morta porque duas vizinhas ouviram os seus gritos por socorro e foram socorrê-la.

No entanto, as duas foram agredidas pelo criminoso, que, em seguida, fugiu do local sem deixar pistas.

Publicidade

Conforme relatos da vítima, ela nunca tinha conversado com o indivíduo antes e ele só aparecia em frente da sua residência para chamar o seu filho para sair. De acordo com a delegada Elaine Fernandes da Silva, titular da delegacia onde foi registrada a ocorrência, devido ao espancamento, a mulher teve fratura em seu maxilar e teve que passar por uma cirurgia.

No entanto, a denúncia só foi registrada no dia 16. Segundo Elaine, a vítima ficou como rosto inchado, e com vários hematomas. Após o fato, os vizinhos relataram para a polícia que o sujeito estava rondando a casa da vítima e ameaçando o filho da vítima. Diante da situação, foi expedido um mandado de prisão para o criminoso, que foi preso e encaminhado para a delegacia e ficará à disposição da Justiça. #Estupro #Investigação Criminal #Casos de polícia