Neste domingo, 25 de Dezembro, Natal, a jornalista Joice Hasselmann, conhecida por ser ex-colunista da Revista Veja, publicou um vídeo no qual fala sobre um presente de grego que recebeu. Ela que passou o ano atacando a ex-presidente Dilma Rousseff e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva do Partido dos Trabalhadores (PT), recebeu uma encomenda em sua casa. Em um vídeo gravado no Facebook, a repórter conta que todos sabem que ela é uma grande amante dos animais e o que fizeram com ela não se faz nem com o pior inimigo. Joice disse que recebeu um animal morto dentro de uma caixa e que tinha uma mensagem criticando o que ela fazia.

Mensagens no Facebook

"Eu entendo que nem todos concordam com que eu falo ou escrevo, mas o que fizeram comigo é inadmissível.

Publicidade
Publicidade

Os bandidos vão ter que pagar", disse ela no vídeo, mostrando bastante irritação pelo fato de um bicho ter sido morto por conta do ódio político. Na internet, os seguidores apoiaram a profissional da mídia. Veja abaixo alguns comentários sobre o episódio extremamente macabro. "Que horror! Jesus como alguém perde seu tempo logo no dia mais importante dos 365 dias que temos no ano, pra matar um animal inocente com intenção de causar dor a outro ser humano! Chocada com a maldade de alguns!", disse um dos seguidores.

" A verdade é que sua integridade física e de sua família está em jogo, e, sinceramente, tenho dúvidas se este país irá mudar, parece que o "câncer" da corrupção é algo quase inerente à nacionalidade...Ontem alguém postou um caminhão tombada às margens de uma rodovia, e carros importados parados saqueando a carga! Não sei Joice Hasselmann, talvez seja hora de rever estratégias, desanimar jamais, mas rever estratégias faz parte de qualquer batalha", sugeriu outro internauta, mostrando certa preocupação com tudo o que está acontecendo na vida da ex-colunista.

Publicidade

O vídeo polêmico que repercutiu na web

Veja abaixo o vídeo publicado pela ex-colunista da Veja em que ela fala sobre o presente desagradável que recebeu neste Natal.

#Política