Uma jovem estudante identificada com as inicias F.C.S.C., de 18 anos, foi presa pelas autoridades na madrugada de quinta-feira (08), no bairro Nova Esperança, na cidade de Cuiabá (MT). Ela é a principal suspeita de ter agredido violentamente outra mulher. Segundo informações repassadas pela Polícia Militar, uma garota identificada com as iniciais J.K.G.S. de 20 anos, estava sentada em um bar, junto com o ex-namorado da agressora.

Conforme consta no Boletim de Ocorrência, a vítima estava em uma mesa com a companhia do rapaz e, de repente, ela foi surpreendida pela acusada, que chegou por trás já lhe agredindo com murros, chutes, arranhões e puxões de cabelo.

Publicidade
Publicidade

Logo, as duas começaram uma luta corporal vindo a cair no chão. Logo após, a briga a acusada entrou em seu veículo um Fiat Uno e fugir do local tomando rumo ignorado. O jovem que estava em companhia da vítima também foi embora.

Já a vítima das agressões, no entanto, ligou para a Polícia Militar que, acionou uma viatura para atender a ocorrência. Quando os policiais militares chegaram ao local informado, conversaram com a jovem, em seguida, ela foi encaminha para uma unidade médica recebeu os atendimentos médicos, passou por exames de corpo de delito, em seguida, foi encaminhada para a delegacia para prestar o seu depoimento.

Os policiais fizeram uma ronda na localidade que, horas depois conseguiram localizar o veículo da agressora já no bairro Pascoal Ramos em Cuiabá. O carro foi cercado e a acusada foi presa em flagrante, em seguida, ela foi levada na viatura da polícia até a Central de Flagrantes de Cuiabá.

Publicidade

Já na delegacia ela prestou o seu depoimento para o delegado plantonista.

O delegado de plantão não soube informar se agressora vai ser indiciada pelo #Crime de lesão corporal, e também não relatou se a mesma ficou presa ou foi liberada logo após prestar o seu depoimento. Já a mulher que foi agredida fez um Boletim de Ocorrência contra agressora e foi liberada em seguida. A polícia da cidade abriu um inquérito e o caso está sendo investigado. #Investigação Criminal #Casos de polícia