O Brasil passou na última semana por uma tragédia que chocou o país e o mundo, após um avião que levava o time da #Chapecoense cair na Colômbia e tirar a vida de 71 pessoas, entre eles 19 jovens jogadores de futebol, que estavam vivendo o auge da sua carreira. O time da cidade de Chapecó/ SC viajava para a cidade de Medellim, na Colômbia, para competir na final da Copa Sul-Americana quando teve o sonho interrompido por um acidente aéreo.

Cada pessoa reage diferentemente quando o assunto envolve a morte e a perda de pessoas queridas. #Dona Laide Celine, mãe do goleiro #Danilo, que foi encontrado com vida, mas morreu no hospital, tem se mostrado uma verdadeira guerreira.

Publicidade
Publicidade

Ela ganhou as notícias após confortar um jornalista que a entrevistava, lamentando a perda dos 21 profissionais da imprensa que também se foram nesse acidente.

Durante o velório de 50 das vítimas do acidente na Arena Condá, em Chapecó, Dona Laide deu a volta 'olímpica' no estádio agradecendo o apoio e carinho da torcida e foi ovacionada de pé por todos os presentes. A força dessa mãe, mesmo em meio a tanta dor é tão grande, que ela não se cansa de confortar as famílias, os amigos e os fãs dos jogadores, jornalistas e convidados que se foram no acidente.

Ela postou uma foto montada em seu perfil no Facebook, onde o seu filho Danilo aparece consolando-a, protegendo-a e confortando-a enquanto ela chorava sobre o seu caixão. Em sua legenda ela agradece o carinho que tem recebido e explica que não tem tido tempo para responder a todos, pois tem recebido muitas mensagens.

Publicidade

Ela também aproveita o momento para consolar as outras famílias que estão sofrendo com a perda dos seus entes queridos.

"Olha para essa imagem, mães que estão com seus filhos desesperados, digam a eles que eu e o Danilo estamos cuidando deles. Estou implorando a Deus consolo e conforto para os corações de todos."

Laide ainda diz que está pedindo a Deus que o novo guerreiro que o time da Chapecoense contratar como goleiro seja um profissional igual ou melhor do que o seu filho Danilo foi.

Na manhã desta segunda-feira (05), o time da Chapecoense foi considerado pela Conmebol como o Vencedor da Copa Sul-Americana 2016, como foi solicitado pelo adversário Atlético Nacional após o acidente.