Ítalo Gonçalves Conceição ficou famoso em todo o Brasil no que era para ser um momento difícil, mas não foi. Ele acabou sendo preso sob fortes acusações. A polícia disse que Ítalo participava de um esquema de venda com celulares furtados. Conceição receberia a ajuda de um amigo durante as atitudes criminosas. Após receberem denúncias da conduta da dupla, a polícia foi atrás dos rapazes e os flagrou com dois celulares furtados. Os aparelhos foram roubados horas antes em um ônibus da capital baiana, Salvador. Os roubos aconteceriam com o uso de uma peixeira. Preso, Ítalo foi levado por uma espécie de 'camburão' até à delegacia.

A TV Record, que costuma fazer pautas policialescas, batia ponto na tal delegacia, quando encontrou o rapaz.

Publicidade
Publicidade

Com o abrir das portas do carro da polícia, um repórter da emissora de Edir Macedo tentava entender o que levou o rapaz a roubar. Ele, entretanto, surpreendeu a todos, começando a cantar uma música, que mais tarde descobriria-se ser de sua autoria. Quem ria, mas o assaltante era, na verdade, um ótimo compositor. "Ôh, me libera nega, deixa eu te amar. Ôh, me libera nega, novinha vou te sentir...", canta o rapaz chamando a atenção do jornalista.

Na entrevista ao jornalista, o jovem disse que tinha mesmo cometido um erro, mas que buscava uma oportunidade de mudar de vida. Ele então solicitava que as pessoas dessem atenção à música. Ele ainda diz que o seu hit é muito bonito. O vídeo com o momento da prisão inusitada viralizou nas redes sociais. Ele acabou sendo solto e, ao sair da cadeia, voltou a pedir desculpas pelo erro.

Publicidade

Artistas famosos, como Psirico, ajudaram o rapaz, que agora promete bombar sua canção no Carnaval de Salvador.

Veja abaixo o vídeo que mostra a entrevista dada pelo preso à TV Record:

Cantores famosos, como a dupla sertaneja Simone e Simaria, também entoaram o hit que está fazendo o maior sucesso na Bahia.

O preso virou um hit tão grande, que depois de solto, voltou à TV Record, mas com um novo visual. Veja como ele ficou:

Abaixo a superprodução da música do ex-detido pela polícia. Não esqueça de comentar e compartilhar essa matéria.

#Crime #Investigação Criminal