Uma mãe desesperada e tomada pelo ódio decepou o pênis do marido. O fato aconteceu na noite da última segunda-feira (26), na cidade de Cachoeira de Itapemirim, localizada na região sul do estado do Espírito Santo.

A mulher ficou indignada ao descobrir que o companheiro teria abusado da sua filha de apenas seis anos. A criança relatou com detalhes para a mãe tudo que o padrasto fez com ela. O abuso teria ocorrido na noite do último sábado quando a criança foi deixada sob os cuidados da avó.

Segundo informações da polícia, a criança ficou na companhia da avó que tem deficiência visual. A mãe teria saído para ir à casa de uma amiga, foi quando o homem aproveitou a situação para cometer o abuso.

Publicidade
Publicidade

Ele levou a menina para o quarto e tentou manter relação sexual com ela. A menina sentiu dor e começou a gritar, o padrasto ameaçou bater nela se ela contasse alguma coisa para a mãe.

A menina ficou com medo e decidiu contar o que aconteceu para a avó. Quando a mãe da menina chegava do trabalho, escutou parte da conversa e descobriu o que o marido havia feito com sua filha.

A mulher comunicou à polícia e foi orientada a procurar o conselho tutelar que agendou uma reunião para quinta-feira (29). A menina de seis anos é fruto do primeiro casamento da mulher, que tem mais uma filha de dois anos, fruto da união com o companheiro que teria abusado da filha mais velha. Eles viviam juntos há aproximadamente quatro anos.

Revolta da mãe

A mulher contou aos policiais que quando o marido voltou de um bar, aproximadamente às 23h, tomada pela raiva e revolta, ela pegou uma faca de cozinha e decepou o órgão genital do companheiro.

Publicidade

Depois que cometeu o #Crime, fugiu da casa levando a mãe e a filha.

Na sequência chamou a polícia. O homem foi socorrido e encaminhado para atendimento médico na Santa Casa de Misericórdia de Cachoeiro. Ele precisou passar por uma cirurgia para reconstruir o órgão. O homem continua internado e se recuperando bem.

A menina vai passar por exames para verificar o abuso, sendo comprovado o homem vai responder pelo processo em liberdade, pois não houve flagrante.

No entanto, a mãe foi presa e responderá pelo crime de lesão corporal grave e poderá pegar até cinco anos de cadeia, caso seja condenada. #Abuso Sexual #Violência