Nesta quinta-feira, 15, o jogador Neto fez a sua transferência da Colômbia para o Brasil. O atleta estava internado em um hospital da cidade de Medellín. O atleta estava no avião que caiu no dia 29 de novembro, que matou 71 pessoas. Neto é um dos seis sobreviventes da #Tragédia envolvendo a aeronave da LaMia. Ao todo, foram dezesseis dias de recuperação. Antes de pegar um novo voo, agora de volta para Chapecó, o sobrevivente gravou um vídeo em que agradece a Deus pela sua vida. De acordo com informações do site da revista Veja, as imagens foram gravadas por funcionárias da Airplan, uma empresa que administração do aeroporto onde o jogador embarcou.

Publicidade
Publicidade

O atleta ainda se lembrou dos funcionários que o ajudaram na recuperação, agradecendo a eles por esse momento muito importante. O jogador da #Chapecoense disse que Deus foi muito importante nesse momento e que ele ajudaria os funcionários do hospital a continuarem a fazer esse trabalho maravilhoso. Segundo o atleta, Deus daria força para esses funcionários ajudarem outras pessoas, que assim como ele, precisam de ajuda. "Um grande abraço a todos”, encerrou o atleta no vídeo. Assim que chegar ao Brasil, Neto ficará no mesmo hospital que os dois outros brasileiros sobreviventes da tragédia da Chapecoense. Um terceiro, o goleiro Jackson Follmann, está internado em um hospital de São Paulo.

No município de Chapecó, em Santa Catarina, estão os outros dois sobreviventes, Rafael Henzel (jornalista) e Alan Ruschel (Lateral).

Publicidade

É bom lembrar que Neto foi o último a ser resgatado na tragédia. Ele chegou a postar uma foto com um policial que o salvou. O policial ouviu uma respiração ofegante do atleta e foi o responsável pela sua salvação. A família acabou abrindo uma exceção e acabou fazendo o registro. O irmão do atleta lembrou que se não fosse pelo agente da lei, o atleta não estaria vivo. Muito bonita essa história, não é mesmo?

Veja abaixo o vídeo em que o jogador deixa um recado a todos que ajudaram a ele nesse momento tão complicado: