No fim de semana, um paraquedista acabou realizando um voo da morte. Weimar Becêrra Ferreira, de 51 anos, estava fazendo uma apresentação na cidade de Cobija, na Bolívia, quando acabou sofrendo um acidente durante o salto. A cidade boliviana faz fronteira com o Brasil e o caso foi noticiado pelo G1 Acre nesta quarta-feira, 6. O homem chegou a ser levado para um hospital da capital do Acre, Rio Branco, mas acabou não resistindo e faleceu. Um #Vídeo gravado por uma pessoa que acompanhava a apresentação mostra o momento da queda. As imagens foram publicadas no Youtube. Ao final da reportagem, o leitor pode acompanhar a sequência impressionante.

Publicidade
Publicidade

O vídeo começa mostrando o céu da cidade boliviana. Em seguida, o homem é filmado já descendo com problemas. Mesmo já tendo uma idade considerável, ele tenta realizar a aterrissagem complicada. No entanto, algo dá errado, ouve-se um forte estrondo e uma multidão corre para tentar ajudar o paraquedista. Ele foi até socorrido e levado ao hospital, mas os médicos não conseguiram fazer muita coisa para salvá-lo. Em entrevista ao G1, a filha do falecido, que não teve nome identificado, mas que também é paraquedista, disse que, aparentemente, seu pai perdeu o controle do paraquedas e que, por isso, caiu no meio da multidão.

O boliviano já atuava há vinte anos nesse tipo de profissão, realizando mais de mil e trezentos saltos. Segundo a sua filha, ele era muito experiente.

Publicidade

" Acreditamos que ele passou mal durante o salto e como pegou uma rajada de vento muito forte, não conseguiu controlar o equipamento", disse a órfã de pai. O homem, apesar de nascer na Bolívia, teria dupla nacionalidade, sendo registrado também no Brasil. O acidente que o vitimou aconteceu na cidade do piloto Miguel Quiroga, que comandava a aeronave que caiu com o time da Chapecoense.

Veja abaixo o momento em que o paraquedista cai e acaba em seguida falecendo. Atenção, as imagens para algumas pessoas podem ser consideradas fortes. O que será que aconteceu no voo para que este profissional acabasse falecendo? Comente.

#Crime