O pastor está passando por muitas pressões, pois houve uma tentativa de condução coercitiva, pela #Polícia Federal, para que pudesse explicar as acusações de #Corrupção envolvendo royalties advindos de exploração mineral. Silas Malafaia não se encontrava em sua residência, pois estava em São Paulo, onde havia inaugurado uma igreja a pouco tempo. O pastor disse estar chocado com as acusações, entretanto falou que iria prestar depoimento assim que voltasse para sua casa.

Malafaia alega total inocência em todas as acusações sofridas por ele. Seu nome apareceu nas investigações, por ter recebido dinheiro proveniente do principal escritório de advocacia que participa do esquema de corrupção.

Publicidade
Publicidade

Ele garante que todo o dinheiro que estão alegando ser proveniente de corrupção, foi declarado a Receita Federal.

O pastor fez uma videoconferência com todas as suas igrejas e foi acolhido por todos os fiéis, que demonstraram total apoio a Silas. Ele se sentiu lisonjeado pelo apoio que recebeu e se emocionou caindo em lágrimas diante de todos.

Entenda mais sobre o caso:

A operação Timóteo tem como objetivo identificar todos aqueles que participaram das fraudes envolvendo impostos de mineradoras em diversos municípios brasileiros. A operação foi realizada em 11 Estados e um dos nomes citados foi o do pastor Silas Malafaia, o qual teve uma tentativa condução coercitiva realizada, o que significa que ele é obrigado a ir com a Policia, entretanto tem o direito de permanecer calado. Só que se optar por não falar nada, seu caso pode ser piorado, haja vista que assim é dado como se ele não quisesse colaborar com as investigações.

Publicidade

Ele é acusado de utilizar sua influência religiosa para evitar chamar atenção das autoridades da Receita Federal, pois desta forma conseguiria esconder os pontos ilícitos das transações financeiras, ou até mesmo de dinheiro proveniente de corrupção.

O fato chocou o mundo dos religiosos e principalmente daqueles que seguiam o Pastor. Muitos afirmam que ele é uma pessoa inocente e que isso tudo é um plano para difamar o nome da religião e de Silas.

E você, caro leitor, o que acha do ato que a Policia Federal teve em conduzir o Pastor para prestar depoimento? Comente abaixo sua opinião. #Notícias