Um caso tem chocado todo o Rio de Janeiro. Thainá da Silva Pinto, de vinte e um anos, é suspeita de ajudar a matar uma outra mulher na sua cidade, Magé, na Baixada Fluminense, no Rio de Janeiro. A vítima é Rayanne Cristini, desaparecida desde o dia treze de dezembro. Ela estava grávida do seu segundo filho. Muito pobre, ela procurava ajuda para fazer o enxoval da criança. Rayanne, segundo a polícia, acabou sendo assassinada de maneira muito cruel, com brutalidade que lembra os tempos medievais. Na casa de Thainá, os investigadores encontraram elementos cabais, provas que devem ajudar a desvendar o caso.

Para ver às imagens, basta ir até à nossa galeria.

Publicidade
Publicidade

Ela está no canto superior esquerdo desta reportagem. As imagens mostram o local do #Crime e como tudo estava tão sujo. A polícia afirma que a jovem e seu feto foram cortados em pedaços e depois incinerados. Quem cuida do caso é a delegada Ellen Souto, da DDPA, uma delegacia que cuida especialmente de pessoas desaparecida. Os policias, ao chegarem na casa da suspeita, em Magé, encontraram um cenário de filme de terror. Havia sangue para todos os lados. Facas estavam sujas de sangue e o pior, ossos foram achados no lixo, assim como o vestino que Rayanne utilizava.

Ela foi uma presa fácil para a suspeita e seu marido. A mulher que é acusada de matar a grávida já foi presa. Ela ostentava na internet uma falsa gravidez e queria fazer o parto de Rayanne, matar ela e depois ficar com a criança.

Publicidade

Agora os ossos humanos estão a cargo do Instituto Médico Legal (IML) do Rio de Janeiro, que deve dar um parecer definitivo sobre o DNA da vítima.

Crime macabro

Já se sabe que Thainá tentou induzir o encontro com outras vítimas, mas que negava dar as roupas de bebê, assim que sabia que a grávida levaria os seus companheiros. Rayanne, por sua vez, disse que estava grávida de oito meses e meio e não de sete meses. Isso porque a mulher que procurava alguém "para ajudar", determinava que tinha que ser uma gestante com o bebê prestes a nascer.