Um prefeito eleito está causando na internet pela sua possível primeira-dama. Orlando Porto de Andrade venceu as eleições neste ano no município de Canindé de São Francisco, no Estado de Sergipe. Mais conhecido como Orlandinho, ele passará a administrar a pequena cidade a partir do primeiro dia do ano que vem. A região ficou conhecida pela morte do ator Domingos Montagner. Ele, que fazia o protagonista da novela das nove da Globo, 'Velho Chico', faleceu quando tomava banho no Rio São Francisco. O ator estava ao lado de Camila Pitanga quando a tragédia aconteceu.

No entanto, o que está dando o que falar nem é o famoso caso do ator global, mas sim o relacionamento do político com sua namorada.

Publicidade
Publicidade

Orlandinho, que tem 57 anos, aparece em várias fotos publicadas na internet beijando uma jovem loira, aparentando ter pouco mais de 20 anos. A diferença de trinta anos do casal tem virado comentário na cidade, mas o prefeito eleito garante que ama sua companheira. Os habitantes falam que ele argumenta não ser rico, e, portanto, o amor da jovem não seria por interesse. Orlandinho prefere evitar os comentários sobre a sua vida íntima, talvez temendo como isso possa repercutir em seu eleitorado, que costuma não ser tão liberal assim.

As fotos que causaram mais polêmica do casal são as que mostram os dois na piscina. Uma delas exibe o casal sorrindo, já a outra, mais apaixonante, exibe a dupla dando um beijo cinematográfico na piscina. É claro que muita gente não gosta desse tipo de coisa e começa a fazer ataques, principalmente à jovem loira.

Publicidade

Internautas argumentam que seria "óbvio" ela não amar um homem tão mais velho e desprovido de beleza. Já outros lembram que existem sim pessoas mais novas que admiram as mais velhas e que encontram nelas o sentimento de segurança.

Na sua opinião, existe algum problema em alguém namorar com outra pessoa trinta anos mais velha? Deixe o seu comentário. Ele é sempre muito importante para todos nós.

Veja o vídeo que ironiza o casal e que está provocando polêmica no Youtube.

#Política