No fim da tarde deste último sábado (17), um comerciante identificado como Luiz Felipe Neder Silva foi flagrado agredindo a segurança Edvânia Nayara Ferreira Rezendo, de 23 anos, em um clube, no município de Três Corações, Minas Gerais. As cenas são fortes devido à brutalidade com que os socos e chutes são dados nela, para a surpresa até das pessoas que estavam em volta. A confusão teria começado depois que a vigia do clube teria tomado partido em uma briga entre Luiz Felipe e a esposa dele, uma delegada da cidade. Aparentemente os dois discutiam dentro de um carro, e o homem também teria agredido a companheira, quando Edvânia tentou intervir.

Publicidade
Publicidade

No meio da briga a mulher do comerciante teria jogado a chave do veículo onde estavam perto da segurança, na tentativa de que o marido não arrancasse com o carro naquele estado. Ao arremessar a chave ela teria pedido a Edvânia que jogasse o objeto longe e foi o que ela fez. A partir dessa ação, Luíz Felipe se descontrolou ainda mais e foi tirar satisfação com a jovem que estava apenas fazendo o seu trabalho. No momento em que se aproxima da segurança aos berros, ele diz que a briga era só entre o casal e que ela não deveria ter entrado no meio, nesse momento ele dá um soco e a vigia cai no chão. Como se não bastasse ele ainda chuta a cabeça dela. Uma das pessoas que estava filmando fica desesperada e tenta apartar a situação.

Segundo a moça que tinha acabado de começar no novo emprego de segurança do clube, ela sentiu muito medo quando o homem se aproximou.

Publicidade

Era perceptível que ele estava bêbado e bastante descontrolado, mas Edvânia relatou que agiu de maneira correta em defender a mulher do comerciante que estava sendo também agredida. A segurança ainda relatou que o homem não é digno de seu perdão, e que independente se estivesse alcoolizado ou não o que ele fez foi um ato de covardia. De acordo com ela, ainda quando estava caída no chão teve vontade de se levantar e partir para cima dele, mas algumas pessoas a seguraram. Luiz Felipe foi autuado em flagrante e levado para o presídio de Três Corações onde permanecerá detido até que seja tomada uma decisão da justiça. Edvânia que virou mais um símbolo triste do combate à violência contra mulher, agora tenta esquecer o trauma que viveu.

#Crime #Investigação Criminal