No sul do estado de Minas Gerais, os integrantes do grupo “Carreta Furacão”, conhecidos por suas danças e por performances algumas vezes arriscadas, como subir em telhados e brincar com automóveis em movimento, estavam em um dos passeios quando viram o fogo e decidiram ajudar as pessoas. De acordo com a matéria exibida nesta quarta-feira, 14, pela Rede Globo de Televisão, no “Bom Dia Brasil”, quem causou o incêndio foi Joaquim Afonso Sebastião, que colocou fogo na casa da filha. Na casa estavam a neta de Joaquim, de sete meses, e a sua filha, que não teve o nome revelado, que está internada. Joaquim está preso.

Os integrantes do grupo “Carreta Furacão” estavam realizando mais uma apresentação quando viram as chamas na casa.

Publicidade
Publicidade

O primeiro que chegou a casa para ajudar foi o Flash, que tentou arrombar a porta. Depois o Homem-Aranha entrou e carregou o bebê, que foi levado até a avó. Além de ajudar as vítimas, eles ajudaram a conter as chamas e foram aplaudidos.

História do Grupo

O "trenzinho" Carreta Furacão se tornou conhecido no Brasil todo através da internet com milhões de visualizações no Youtube. Eles começaram na cidade de Ribeirão Preto, estado de São Paulo, com um trem a passar pelas ruas da cidade fazendo barulho. No começo da carreira, o grupo fazia apresentações em escolinhas e festas de crianças, quando adultos começaram a gostar também. Foi aí que começaram a se apresentar também em formaturas, despedidas de solteiro e até festas de cachorro. A ideia do grupo foi inspirada nos "trenzinhos" dos anos 80 e 90 que animavam festas infantis.

Publicidade

Foram escolhidos personagens de grande apelo com o intuito de atrair todas as idades

Após todo o sucesso, surgiram alguns problemas envolvendo o nome da carreta. Os donos da atração tiveram que realizar algumas alterações em um dos personagens da trupe por causa de direitos autorais. A trupe, depois do sucesso nas redes sociais. começou a realizar turnês pelo Brasil, passando por estados de São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Brasília.

Assista o vídeo abaixo com a matéria que foi ao ar.

#Heróis #carretafuracão #incêncio