Um homem foi preso pela polícia por estupro de vulnerável na tarde de quinta-feira (15), na cidade de Sorriso, cerca de 380 km de Cuiabá (MT). O acusado foi identificado com as inicias R. C. M., de 44 anos. O meliante é o principal suspeito de ter abusado de uma menina de 10 anos, pois o mesmo é tio-avô da vítima.

Segundo informações repassadas pelo delegando Bruno de Abreu, titular da Delegacia de Polícia Civil de Sorriso, na manhã de quinta-feira, a mãe da vítima procurou a delegacia para relatar que a sua filha estava sendo vítima de abusos sexuais pelo tio-avô. Conforme consta no depoimento da vítima, ela só disse para a sua mãe que era vítima de abusos após perceber que os abusos estavam cada vez mais frequentes e poderiam se agravar.

Publicidade
Publicidade

Diante da situação, de imediato, a mãe levou a sua filha para delegacia. Ainda de acordo com a vítima, ela disse para o delegado Bruno que o seu tio-avô só ia na casa dela quando a sua mãe estava ausente. No entanto, para não ficar só em casa, ela chamava o seu irmão mais novo, que também era aliciado pelo acusado. Segundo ela, o acusado lhe mordia o seu pescoço, suas nádegas, sua barriga e a abraçava. Como se não bastasse, ele acariciava as suas partes íntimas, sempre relatando que era tudo uma brincadeira de sua parte. A vítima acrescentou que sofria os abusos há 3 anos

Segundo informações da polícia, durante o depoimento da vítima, muita abalada com tudo, ela começou chorar e teve que ser acalmada por sua mãe para poder continuar com o seu depoimento. Já na parte da tarde, a polícia, junto com uma equipe de investigadores, se deslocaram até a empresa onde o acusado trabalha há cerca de dez dias como coletor de lixo.

Publicidade

Ele foi levado em uma viatura da polícia para delegacia.

De acordo com Bruno, ao conversar com o meliante, em primeiro momento, ele confessou os abusos, mas logo disse que eram apenas carinhos da sua parte. Para a imprensa local, o acusado relatou que apenas brincava com as crianças sem nenhum tipo de maldade, e que sempre dava carinhos neles como deu para os seus filhos.

Conforme o delegado Bruno disse, irão colher o depoimento do irmão da vítima, mas ressaltou que apenas o depoimento da vítima já basta, pois foi muito convincente. O meliante está preso e ficará a disposição da Justiça. #Crime #Casos de polícia