Para fechar 2016 com chave de ouro, o presidente Michel Temer (PMDB) sancionou, nesta sexta-feira (30), a lei que permite a taxação de impostos, com alíquota de 2%, de serviços como Netflix, Spotify, HBO Go, Apple Music, Google Play Música e Amazon Prime. Alguns aplicativos pagos também serão afetados. A lei entrar em vigor em março.

A medida faz parte de uma reforma do Governo Federal, que passa a cobrar o #imposto sobre Serviço (ISS) de qualquer empresa que disponibilize, sem cessão definitiva, conteúdos de áudio, vídeo, imagem e texto via internet.

O Spotify é um serviço de música em streaming, podcasts e vídeo comercial.

Publicidade
Publicidade

A assinatura mais barata custa R$ 16,90. Mesmo valor da assinatura mais simples da Netflix, que é uma provedora global de filmes e séries de televisão via streaming.

Até o fechamento desta reportagem, nenhuma das duas empresas havia se manifestado sobre a cobrança do ISS. Na internet, usuários do Twitter criticaram a sanção, que passou pela Câmara e Senado antes de chegar às mãos de #Michel Temer.

A hashtag “#Netflix e Spotify” foi parar nos trending topics do microblog como um dos assuntos mais comentados nesta sexta-feira.

Daqui a alguns dias até para respirar vai ser necessário pagar impostos.

Será que tem gente arrependida de ter gritado ‘fora, Dilma’? Será que a Dilma não faria o mesmo?

Aumentar o arroz, o feijão e a carne, tudo bem.

Publicidade

Agora mexer nas nossas séries...

Dois mil e dezesseis assustou alguns e agora já estão começando a ficar com medo de 2017 também.

O ano de 2016 se supera a cada dia, graças a Deus já está terminando.

Não. Sorvete Häagen Dazs é caro demais e são muitos para o avião presidencial.

‘Vem pra rua, vem, contra o aumento’. Será que vai rolar protesto nas capitais brasileiras?

A que ponto chegamos? Essa viagem ainda deve ter outros pontos pela frente.

Publicidade

Não, Bia. Netflix e Spotify não vão cobrar imposto nenhum. Quem vai cobrar é o governo. As duas empresas só terão que pagar. Agora é torcer para que elas não repassem esse valor aos clientes.