Vereador da Câmara Municipal de #São Paulo, Gilberto Natalini (PV), sofreu uma tentativa de agressão durante os protestos deste domingo, dia 4, na Avenida Paulista. Futuro secretário do Verde e Meio Ambiente para a gestão do prefeito eleito João Dória, Natalini confirmou o incidente por meio de sua página no Facebook.

Segundo um bate-papo virtual do vereador com seus seguidores, Natalini teria sido confundido com o deputado Ivan Valente (PSOL), e sido chamado de petista, em alusão aos apoiadores do Partido dos Trabalhadores, um dos alvos dos protestos deste domingo. “Logo eu que bato tanto no PT”, exclamou o vereador por meio de seu perfil na rede social.

Publicidade
Publicidade

Apesar do incidente, os protestos ocorreram de forma tranquila nas mais de 200 cidades com manifestações realizadas neste domingo. Convocados por movimentos como o Vem pra Rua e o Movimento Brasil Livre (MBL), as manifestações tiveram como principal alvo o presidente do Senado, Renan Calheiros, bem como o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, o ex-presidente Lula e o presidente Michel Temer. Responsável pela condução das investigações da Operação #Lava Jato, o juiz federal Sérgio Moro foi exaltado diversas vezes pelos presentes. #Protestos no Brasil