Como passar por uma tragédia? Essa é a pergunta que está nas bocas de muitas famílias e amigos de jogadores que morreram na queda do avião da #Chapecoense. A aeronave, que levava o time da Bolívia até à cidade de Medellín, na Colômbia, caiu quando faltavam apenas 38 Km para que ela chegasse ao aeroporto da cidade. 71 pessoas morreram e outras seis continuam vivas. A tragédia foi alertada pelo vidente Carlinhos em março deste ano. Na ocasião, ele estava em um programa da cidade de Cascáve, no Paraná. Na atração, Carlinhos contou que um time padeceria em uma tragédia de avião, mas que não conseguia ver se isso era ou não no Brasil.

A revelação não foi a única naquela data.

Publicidade
Publicidade

Coisas ainda mais difíceis e trágicas devem acontecer no Brasil e no mundo em pouco tempo. Inicialmente, ele fala sobre o mundo político e econômico, falando que o país passará por contínuas crises. Além disso, Carlinho garante. Até o mês de abril, o atual presidente da república, Michel Temer, do PMDB, renunciará ao cargo. O motivo é toda a pressão que acontecerá até a data da renúncia. O paranormal, que é espírita, já tinha acertado que o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, do Partido dos Trabalhadores (PT), aconteceria neste ano.

O sensitivo ainda disse quem será o novo presidente do Brasil, eleito no pleito de 2018. Segundo ele, um novo nome aparecerá na liderança do PSDB, o Senador Álvaro Dias. Ele desbancaria nomes como o de Aécio Neves, Geraldo Alckmin e José Serra, sendo não apenas o candidato tucano, como também vencendo Marina Silva e Ciro Gomes no cenário nacional, consagrando-se o novo presidente do Brasil.

Publicidade

O planeta ainda será vítima de tragédias naturais. A cidade de Camboriú, em Santa Catarina, passaria por uma tempestade sem precedentes. Essa faria o mar avançar três quadras, causando prejuízos incalculáveis.

Zezé di Camargo, segundo o paranormal, pararia de cantar até o ano que vem. Segundo Carlinhos, as cordas vocais do sertanejo apresentariam problemas de novo. Dessa vez, seria a aposentadoria do irmão de Luciano.