Quem diria que até mesmo MC #Melody, conhecida por cantar músicas na internet fazendo um suposto "falsete", iria também prestar a sua homenagem para as vítimas do avião da Lamia Air, que ia em direção à Medellín, na Colômbia. Dos passageiros, 71 morreram e apenas 6 sobreviveram e seguem em observação.

Melody gravou o vídeo junto com sua irmã, Bela, em uma música composta pelas duas para dar conforto às famílias atingidas pela tragédia. Bela, em determinados pontos do vídeo, chega a chorar copiosamente, entregando a canção para a irmã.

Veja as imagens:

Seguidores de Melody ficam chocados

Por meio do Facebook de MC Melody, muitas pessoas comentaram sobre o vídeo e postaram mensagens para as irmãs.

Publicidade
Publicidade

Ester Silva, por exemplo, disse que nunca havia visto a jovem cantar tão bem.

"Pela primeira vez vou fazer um elogio pra vc melody.. Bela homenagem vc não canta tão mal assim , só precisa usar um pouco a cabeça. E parabéns Bela vc canta muito bem", escreveu.

Já Silvia Moraes, valorizou o talento da irmã de Melody, que poucas vezes pôs as caras para o mundo da fama.

"A simplicidade e o talento da Bela dão um show em cima da atuação da Melody!!! Melody não precisa forçar tanto a barra!!!", disse.

Já Laylla Fernandes confirmou o que muitos disseram ter sentido: as irmãs passaram uma mensagem de emoção pura da infância.

"Se foi forçado ou não ,mas foi lindo e sim eu me emocionei Parabéns meninas ,ficou muito bom o vídeo", postou na página de Melody.

A seguidora de Melody, Gabriella Luíza, escreveu que foi uma atitude bonita gravar as duas irmãs fazendo uma homenagem para as vítimas da tragédia, mas também criticou o pai delas.

Publicidade

"P R I M E I R A vez que esse pai usou suas filhas pra algo que ficou fantástico, juro que antes de apertar o play já vinha em mente a voz dessa chata da melodi gritando..", deixou como comentário.

Abusos da imprensa

Os internautas têm ficado de olho em como os jornalistas estão se comportando diante da tragédia que abalou todo o mundo. Após o site Catraca Livre virar alvo de uma campanha de "descurtidas" em sua página por conta de publicações que ofenderam os mortos do #Chapecoense e outras vítimas que estavam no avião, Roberto Cabrini, jornalista do SBT, foi atacado.

Ele decidiu postar imagens no local do acidente aéreo e até esboçou um sorriso. Nas fotos, ele revira as malas dos passageiros, segura um pôster de um dos jogadores e anda entre os escombros. Tudo isso para gravar vídeos no local para o programa "Conexão Repórter". #Morte