O líder da #Igreja Mundial do Poder de Deus, apóstolo #Valdemiro Santiago, foi resgatado pelo Corpo de Bombeiros na madrugada desta quarta-feira (18), após ficar à deriva em alto-mar por cerca de 15 horas, em Ilhabela, cidade turística no Litoral Norte de São Paulo e considerada um dos principais points frequentados pela alta-sociedade.

Segundo informações dos Bombeiros, Valdemiro Santiago estava em uma embarcação com outros dois homens. Os três foram resgatados, após terem acionado o Corpo de Bombeiros, em função de uma pane elétrica no barco.

De acordo com informações publicadas no Twitter do Corpo de Bombeiros, o resgate aconteceu por volta das 5 horas e nenhum dos três tripulantes estava ferido.

Publicidade
Publicidade

O Corpo de Bombeiros recebeu o chamado por volta das 22 horas e a embarcação foi encontrada após sete horas de buscas.

Os bombeiros que trabalharam no resgate publicaram uma foto no Twitter, para mostrar que o pastor da Igreja Mundial foi resgatado com vida.

Segundo informações do portal G1, Valdemiro e os outros dois tripulantes haviam saído para pescar em uma lancha, na terça-feira (17) à noite.

A embarcação ficou à deriva em alto mar por cerca de 15 horas, devido a uma pane elétrica. Os tripulantes chegaram a pedir ajuda a uma outra lancha particular, que estava nas imediações, mas não houve possibilidade de resgate.

Publicidade

Ainda de acordo com o portal G1, a lancha que sofreu a pane elétrica seria de propriedade do líder da Igreja Mundial do Poder de Deus.

Tentativa de homicídio

O incidente envolvendo o pastor evangélico aconteceu duas semanas após ele ter sofrido uma tentativa de homicídio, na região do Brás, em São Paulo (SP), na manhã do dia 8 de janeiro.

Na ocasião, um fiel que assistia ao culto na igreja desferiu golpes em Santiago, com um objeto cortante.

De acordo com testemunhas ouvidas pela polícia, o agressor estava na fila para receber oração e agrediu o pastor, tanto no pescoço, como na região das costas.

Após ser socorrido e levado ao Hospital Sírio Libanês, Valdemiro Santiago disse que perdoaria o agressor.