Um casal estava andando com seu #Cachorro nas margens da rodovia Padre Manuel da Nóbrega, Km 304, na cidade de Mongaguá, litoral de São Paulo, sentido Itanhaém. De repente, o animal pulou na pista e ao ver que o cachorro poderia ser atropelado, o homem se desesperou e entrou na rodovia sem olhar para os lados. Foi uma tragédia. Um ônibus de viagem acabou atingindo o homem. Sua mulher presenciou a cena fatal.

Hudson Fuentes tinha 43 anos e estava passeando com a esposa no acostamento da rodovia. Era por volta das 21h. De acordo com a mulher dele, o cão se soltou e correu para a pista. Nesse momento, Hudson se desesperou com medo do cachorro ser atropelado e foi atrás para resgatá-lo, porém, bem nessa hora, um ônibus da empresa Breda estava passando e acabou atropelando o rapaz.

Publicidade
Publicidade

O motorista parou e socorreu o homem. Ele foi atendido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e pela polícia rodoviária. Infelizmente, no Pronto Socorro de Mongaguá ele não resistiu aos ferimentos e veio a falecer.

Declarações do motorista

O motorista da empresa de viagens declarou à polícia, que estava conduzindo normalmente o veículo quando o viu o casal andando pelo acostamento junto com o cachorro. Segundo ele, o homem teve uma reação rápida de entrar na pista e devido a proximidade, não deu tempo de frear ou desviar.

O cachorro foi entregue para a mulher de Hudson.

O motorista irá responder por homicídio culposo, quando não há intenção de matar e o caso foi registrado na Delegacia Sede de Mongaguá.

A empresa Breda não quis se pronunciar sobre o ocorrido.

Fatalidade

Segundo informações, o cachorro estava sem coleiras e isso favoreceu a sua escapada para a rodovia.

Publicidade

Hudson era aposentado e morador da região. Foi uma grande fatalidade. A ânsia de evitar a #Morte do cão, fez o aposentado perder a sua vida.

A esposa de Hudson também é aposentada e tem 44 anos de idade. Ela está em choque e sendo amparada pela família.

A rodovia Padre Manuel da Nóbrega é o principal acesso de São Paulo para as cidades Praia Grande, Mongaguá e Peruíbe. #atropelamento