No domingo, 8, o atentado ao pastor Valdemiro Santiago foi o assunto mais comentado. Ele levou facadas no pescoço, mas sobreviveu. O apóstolo levou vinte e cinco pontos na região. Em um vídeo publicado nas redes sociais, o pastor evangélico diz que o que houve com ele foi um milagre. Santiago é líder da Igreja Mundial do Reino de Deus. Ele estava justamente em um culto religioso, quando sofreu o atentado. De acordo com o vídeo que gravou, ao lado da esposa, Francileia Santiago, ele disse que, assim que sua camisa suja de sangue foi tirada, ela começou a operar milagres. Valdemiro contou que a camisa está curando doenças.

Uma imagem publicada pelo site da revista Veja mostra um fiel esfregando a camisa, como se ela fosse um manto.

Publicidade
Publicidade

O item também é colocado em outro pano, usado constantemente nas celebrações. "Quando ela [a fiel] tocou no manto, ela aplumou. Foi curada. O demônio fez o serviço dele, mas acabou dando o contrário", explica o religioso ao lado de sua mulher. Ele ainda prossegue e diz que o diabo está tendo o seu acerto de contas e que, na briga contra ele, acabou saindo na pior, já que até o seu sangue agora estaria supostamente promovendo a cura de fiéis. Apesar de publicar vídeos em que diz curar cegos, pessoas com câncer e até paraplégicos, Valdemiro, assim como qualquer mortal, precisou da ajuda dos médicos após as facadas.

Não foi uma benção ou oração que o levou a estancar o sangue, mas sim mais de vinte pontos no pescoço. É claro que não para dizer que ele não teve o seu livramento, afinal, sobreviver à facadas na região não é tarefa para qualquer um.

Publicidade

Santiago argumenta no vídeo publicado pela Veja que a unção pode ser dada por qualquer um e até através de objetos, como um relógio e um chapéu. No cristianismo, há quem acredite que um manto usado por Jesus teve o poder de cura. Isso, até hoje, é usado em celebrações por todo o mundo.

O pastor passa bem e já deve voltar a realizar seus cultos. Ele diz que o que houve com ele pode ter sido encomendado por um religioso. #Religião #Crime