Por volta das 14h30min deste domingo (22), o SAMU foi chamado para atender a um acidente de trânsito ocorrido no centro de Lauro Müller, pequena cidade do interior de Santa Catarina. Cinco pessoas de uma mesma família, entre elas uma adolescente de 16 anos, uma mulher de 39 anos e seus filhos, um jovem de 20 anos e duas crianças de 12 e 8 anos, estavam em uma carreta de madeira que era rebocada por um trator. As cinco pessoas foram encaminhadas para o hospital Henrique Lage no município e a criança com 8 anos foi levada para Criciúma, com suspeita de traumatismo craniano. O condutor do trator, um rapaz de 19 anos não se feriu.

O acidente

Segundo informações de parentes das vítimas, o condutor do trator estava na casa das vítimas e decidiram ir até um sitio nas proximidades buscar uma geladeira.

Publicidade
Publicidade

No centro da cidade ao fazer uma manobra, a carreta de madeira acabou tombando, ferindo os cinco ocupantes. No local ainda há destroços da carreta de madeira bem como marcas de sangue espalhadas pela rua e calçada. Segundo as informações, nenhum outro veículo se envolveu no acidente. Logo em seguida a Polícia Militar e Polícia Civil chegaram ao local.

Polícia Civil irá investigar as responsabilidades

Logo após o acidente, tanto o trator quanto a carreta de madeira foram apreendidos e encaminhados para a perícia criminal. Ainda na mesma tarde, a Polícia Civil informou que, antes mesmo do resultado da perícia oficial, foi possível verificar que o trator e a carreta não tinham condições de trafegar na via pública. A carretinha onde as cinco pessoas estavam sendo transportadas não possuía placas, sinaleiras e nem a proteção na parte traseira, além de estar em péssimo estado de conservação.

Publicidade

Além do mais, é proibido o transporte de pessoas neste tipo de veículo. Com a ajuda das câmeras de videomonitoramento bem como provas periciais e testemunhos, a Polícia Civil espera nos próximos dias apontar eventuais responsabilidades pelo fato. Tanto o condutor do trator quanto os adultos podem a ser indiciados por lesão corporal culposa (quando não há a intenção), pois permitiram que menores de idade fossem transportados em condições de risco. #imprudência #traumatismocraniano