Uma #Tragédia interrompeu a vida e também os sonhos do auxiliar administrativo Victor Hugo Prado Amador, de 22 anos. De acordo com matéria divulgada pelo site G1, o jovem foi assassinado pelo padrasto, com um tiro no peito na cidade de Goiatuba, que fica localizada na região sul de #Goiás.

O crime foi presenciado pela namorada de Victor, a administradora Camila Sousa Oliveira, de 24 anos. Segundo ela, que está inconformada com a morte do namorado, dois anos de relacionamento e muitos planos juntos foram interrompidos com a tragédia.

Camila afirma que ele era o anjo dela, que Victor nunca estava triste, nunca a deixava sozinha, cuidava dela e sempre foi muito carinhoso.

Publicidade
Publicidade

Os dois pretendiam comprar uma casa e se casar. Paulo César Vieira, de 47 anos, autor do crime, chegou na casa onde Camila, Victor e a mãe dele, Keila Amarins Prado, de 42 anos, estavam, na última segunda-feira (23), para conversar com Keila. Separados desde o início do ano, Paulo insistiu com a ex para que eles voltassem, mas não obteve êxito.

Segundo Camila, no dia 31 de dezembro eles brigaram porque Paulo não gostou que Keila tivesse saído com a irmã dela. A jovem afirmou ainda que ele chegou a ameaçá-la com uma faca e que a cunhada precisou intervir. No outro dia ela o deixou. Segundo informações, quando Paulo chegou na casa, Camila e Victor deixaram ele e Keila sozinhos no quintal para que pudessem conversar.

Camila disse ter ouvido pedidos dele para que ela voltasse e vozes alteradas.

Publicidade

Quando os dois foram ver o que estava acontecendo, Paulo atirou em Victor e logo em seguida tentou balear Camila. Ela se escondeu no banheiro, enquanto o jovem correu para o quarto. Depois foi possível ouvir outros três tiros que feriram Keila.

Camila conta que foi para o quarto ver como o namorado estava e que ao chegar lá tentou abrir a janela, mas foi alvejada com mais dois tiros, que não a acertaram. Em seguida pôde-se ouvir mais um disparo, Paulo tinha atirado contra a própria cabeça. Sem saber do suicídio, Camila conseguiu mandar uma mensagem para a vizinha, que chamou o resgate.

Keila foi socorrida com vida, levada para o Hospital de Goiatuba e operada. Paulo morreu no local e Victor foi levado para o hospital, mas não resistiu aos ferimentos. #Família