O deputado federal Marcelo Aguiar, que se reelegeu ao cargo em 2014 com 65.970 votos pelo DEM-SP, é o autor do polêmico projeto de lei 6.449/2016 que tramita na câmara dos deputados federais em Brasília, que tem por objetivo diminuir a quantidade de masturbação ocasionada pela super exposição de pornografia pela #Internet. Para isso, o projeto de lei prevê que as operadoras sejam obrigadas a desenvolver sistemas eficientes, capazes de filtrar e bloquear imediatamente conteúdos considerados impróprios, como vídeos de #sexo, prostituição, fotos de sexo ou nudez e chats de bate papo em sites voltados para pornografia.

Aguiar alega que vários estudos comprovam que a facilidade em encontrar material erótico na internet fez com que tenha aumentado o numero de viciados em conteúdo pornô e em masturbação nos últimos tempos, e que os jovens estão entre o grupo com maior acesso a esse tipo de material e ainda, por serem seres em desenvolvimento, ficam muito suscetíveis a ficarem viciados na pratica da masturbação.

Publicidade
Publicidade

Também já estão sendo denominados autossexuais, que é quando alguém sente maior prazer com o sexo solitário do que com um parceiro da forma tradicional.

O parlamentar explica em sua defesa que não tem por objetivo interferir na vida de pessoas adultas e capazes de responder por seus atos e escolhas, mas proteger as crianças que ainda estão em formação e que precisam de proteção contra a exposição de conteúdo erótico, pois a facilidade de encontrar este material faz com que acabe por substituir uma educação sexual.

Por outro lado, manifestantes contra o projeto de lei intitulado "projeto antimasturbação", marcaram um protesto bem humorado para o próximo dia 22 de janeiro, na Avenida Paulista em São Paulo, denominado "punhetaço-siricaço", alegando que a proposta enviada pelo parlamentar fere a liberdade individual e o direito de escolha das pessoas, o que não pode, e nem deve, ser cerceado por uma lei com tal proposta descabida.

Publicidade

Eles lembram também da trajetória do deputado, que inclusive já engravidou a amante e tinha musicas de cunho sexual. #Vídeo