Após muita confusão e especulações, o tão esperado pelos jovens brasileiros #ENEM (Exame nacional do Ensino Médio), que foi realizado em #2016, divulgará os resultados finais nesta quarta-feira (18).

O resultado final mostrará o desempenho dos os candidatos em cada uma das quatro provas: ciências humanas, ciências da natureza, linguagens e matemática. Também poderão saber a nota da redação, cujo tema foi "A intolerância religiosa no Brasil", considerado um tema fácil por alguns estudantes.

E como é feita a correção?

O método que o MEC usa para corrigir as provas é o "TRI", uma forma que não estabelece um valor fixo para cada questão.

Publicidade
Publicidade

O valor de cada questão varia de acordo a porcentagem de acertos e erros de cada estudante naquela questão. Portanto, uma questão acertada por mais de 50% dos estudantes será considerada fácil e valerá menos pontos. Já o candidato que acertar uma questão que possui mais de 50% de erros, ganhará mais pontos. Ou seja, não importa muito o total de acertos em números, pois é variável.

Em novembro de 2016, cerca de 6 milhões de estudantes fizeram o Enem em todo o Brasil, com exceção de 270 mil pessoas que tiveram suas provas adiadas. As notas da prova podem ser usadas para conseguir bolsas em instituições de ensino privado pelo ProUNI e também para o Fies, desejo de muitos estudantes. O MEC também dá oportunidade para os candidatos com idade acima de 18 anos, que podem usar o Enem para receber o comprovante do ensino médio.

Publicidade

Onde consultar o resultado final?

Alguns anos atrás, era enviado o boletim final para a casa de cada um dos participantes. Porém, para cortar gastos, o MEC decidiu cancelar o envio e os candidatos poderão conferir suas notas pelo site ou aplicativo oficial do Enem, novidade de 2016. Com o aplicativo, os estudantes puderam estudar, saber o local da prova e agora, poderão saber o resultado. A partir desta quarta-feira, as notas ficam disponíveis no site oficial do Enem.

Fique ligado: Se você fez o exame e cursa o primeiro ou segundo ano do ensino médio, as notas só ficarão disponiveís dois meses depois da divulgação oficial.