Neste último domingo (08), a Polícia Rodoviária Estadual do Paraná prendeu um homem em flagrante. O homem estava completamente bêbado quando perdeu o controle de seu veículo, um GM Classic, no Campos Gerais do Paraná, a queda do veículo foi entre a Lapa e o Porto Amazonas.

No carro, estavam o homem bêbado, seu sobrinho de 12 anos e seu filho de apenas 7 anos. O teste do bafômetro confirmou que o homem está sob efeito de álcool três vezes mais que o limite permitido pela lei, 0,93 mililitros de álcool por litro de sangue.

Em uma curva, o homem perdeu totalmente o controle do carro fazendo-o cair em um rio. Na situação, o menino de 12 anos conseguiu escapar em meio a lama e água e apresentou leves ferimentos, mas o garoto de 7 anos acabou falecendo.

Publicidade
Publicidade

Os familiares da vítima entraram em grande desespero ao saber da #Morte do garoto, a polícia presenciou as cenas e os gritos das pessoas foram constatados através do rádio dos policiais.

Afogamento

Outro caso aconteceu neste mesmo domingo no Paraná. Na cidade de Londrina, um rapaz acabou morrendo afogado após tentar "salvar" seu capacete. No Lago do Igapó 3, um rapaz de apenas 22 anos, estava voltando de uma balada quando foi surpreendido ao jogarem seu capacete no lago.

Segundo informações dos bombeiros, o rapaz mergulhou no lago e foi em direção ao capacete, nadando para encontrá-lo, mas no trajeto acabou se afogando e falecendo. Quando a equipe de socorristas chegou no local do acidente, o jovem já estava morto e não foi possível realizar qualquer procedimento. Agora, a Polícia Civil irá abrir um inquérito em busca de informações de testemunhas para esclarecer pontos dessa história.

Publicidade

Só neste domingo no Paraná, houve três casos de #afogamento. Outro caso aconteceu em Ponta Grossa, um jovem de apenas 23 anos, estava curtindo o Balneário Rio Verde, porém em um local onde há muita correnteza e profundidade.

O Balneário Rio Verde é um local onde muitas pessoas vão passear principalmente em épocas de muito calor. o corpo de bombeiros foi acionado quando o rapaz se afogou, mas ele acabou falecendo devido a profundidade de 2 metros. #Crime