Todos os dias mulheres, crianças e adolescentes são violentadas sexualmente não só no Brasil, mas no mundo todo e, em alguns casos, os próprios membros da família são os seus agressores. Um homem foi preso pela polícia na noite de segunda-feira (2), na Rua Sergipe, no bairro do Carmo, na cidade de Parnaíba, no estado da Paraíba, acusado de tentar violentar sexualmente a própria mãe de 76 anos. Acusado foi identificado como Márcio Franci Ferreira da Silva – a idade não foi divulgada pela polícia.

Segundo os policiais, a Central de Flagrantes da Polícia Militar recebeu uma ligação de vizinhos, por volta das 23 horas, relatando que um homem estava muito alterado e, ao mesmo tempo, tentando estuprar a mãe.

Publicidade
Publicidade

Diante da situação, uma equipe da PM se deslocou até o local informado e constatou a veracidade dos fatos. Os policiais contataram que o acusado estava sobre efeito de drogas.

Márcio Franci foi preso e encaminhado para a Delegacia de Polícia da cidade. Ele prestou depoimento para o delegado plantonista. Em seguida, foi autuado em flagrante pelo #Crime de tentativa de estupro. Segundo informações, o acusado é usuário de drogas. De acordo com o tenente Manoel Silva, no momento em que os policiais efetuaram a prisão, a mãe do acusado relatou que é comum ele chegar em caso sob efeito de entorpecentes, tirar a sua roupa e ficar nu na sua frente.

No entanto, a vítima não informou para a polícia se é a primeira vez que o acusado tenta violenta-la sexualmente. A polícia da cidade abriu investigação para apurar os fatos.

Publicidade

Entretanto, o delegado que colheu o depoimento do acusado não informou se a mãe do rapaz fez um boletim de ocorrência contra o filho, e nem informou se ele vai permanecer preso ou vai ser liberado.

De acordo com o Código Penal Brasileiro, conforme consta no Art. 213, constranger alguém, mediante violência ou grave ameaça, a ter conjunção carnal ou a praticar ou permitir que com ele se pratique outro ato libidinoso. A pena pode variar de seis a dez anos de reclusão. #Investigação Criminal #Casos de polícia