O crime em todo o Brasil assusta famílias e faz vítimas. De acordo com informações do site especializado em televisão, o Natelinha, nesta quarta-feira, 25, um funcionário da emissora de Silvio Santos, o SBT, acabou sendo alvejado por tiros. Conhecido como Caja, o assistente de câmera Sampier George era muito querido pelos colegas e trabalhava no Rio de Janeiro. O #Crime ocorreu na porta de casa do profissional da mídia, que fica no bairro Jardim América, na Zona Norte do estado do Rio de Janeiro. O portal Natelinha diz que conseguiu informações que dizem que Sampeir foi alvejado por cinco disparos de arma de fogo.

Os tiros teriam sido dados por uma dupla, que estava em uma motocicleta.

Publicidade
Publicidade

O cinegrafista foi morto quando estava parado em seu veículo de passeio, um Fiat Fiorina de cor branca. Vizinhos que viram a cena chamaram o corpo de bombeiros e uma viatura médica foi enviada, mas já era tarde, Cajá acabou morrendo no próprio local e não resistiu aos ferimentos. Ninguém sabe ao certo o que teria motivado o assassinato do profissional. O Natelinha diz que uma das hipóteses para a morte é um suposto envolvimento do morto com o tráfico de drogas na região. Segundo o site, o assistente, no passado, vendia drogas na comunidade onde morava, conhecida como 'Vila Esperança'.

Mais recentemente, no entanto, o assistente de câmera conseguiu um emprego no SBT e não estaria mais na vida do crime. Amigos garantem que ele mudou de vida e que estava feliz com essa possibilidade de "regeneração".

Publicidade

O homem fez um curso técnico e conseguiu ser contratado pela emissora de Silvio Santos. É bom lembrar que nesse mês de janeiro uma equipe do SBT chegou a ser assaltada no Rio de Janeiro. O site que divulgou o assassinato do assistente de câmera diz não ter informações sobre o seu velório e enterro.

Na sua opinião, existem maneiras de tentar prevenir ações criminosas como a vista nesta reportagem? Deixe o seu comentário. Ele é sempre muito importante para todos nós e ajuda a estabelecer diálogo sobre os temas. #Investigação Criminal