O crime chocou os moradores da cidade de Goiatuba, Região Sul de Goiás, um homem de 47 anos, identificado como Paulo César Vieira Faria, matou seu enteado de 22 anos, Hugo Prado Amador, e feriu com três tiros a ex-mulher de 42 anos, Keila Amarins Prado. A Polícia Civil que investiga o caso, os policiais acreditam que o homem não aceitava o fim do relacionamento.

Segundo o delegado que está à frente do caso, Patrick Carniel, Keila estaria morando há pouco tempo com o filho Hugo, pois o casal havia se separado recentemente. De acordo com Carniel, Paulo Cesar teria ido à casa do enteado para conversar com a ex-mulher, e os dois acabaram discutindo.

Publicidade
Publicidade

O homem que foi armado até o local, começou a disparar contra ela, o jovem foi baleado ao defender a mãe do padrasto, que após acertar o rapaz cometeu suicídio dando um tiro na própria cabeça.

A polícia e o SAMU foram chamados, os três foram socorridos e levados ao Hospital Municipal de Goiatuba, porém Hugo e Paulo César já chegaram sem vida na unidade de saúde. Keila passou por uma cirurgia, seu estado de saúde era considerado grave.

A Polícia Civil acredita que o #Crime tenha sido premeditado, já que o homem foi ate o local em posse de uma arma. De acordo com a linha de investigação o crime tenha sido passional, tudo indica que o homem não aceitava o fim do relacionamento.

Keila e Paulo Cesar foram casados por 19 anos, e estavam separados há pouco tempo, e esse foi o motivo da mulher ter se mudado para a casa de seu filho, Hugo.

Publicidade

A arma utilizada no crime foi encontrada no local, foi um revolver calibre 22, e estava com a numeração raspada. As seis balas que estavam na arma foram disparadas, e com Paulo Cesar ainda havia mais 14 projéteis intactos.

O delegado segue investigando o caso para descobrir a motivação para os crimes. A polícia espera que com a melhora de Keila, ela possa também prestar depoimento e ajudar a esclarecer a atitude do atirador.

O crime aconteceu nesta segunda-feira (23), muitas pessoas lamentaram o que aconteceu. Amigos do jovem assassinado estão chocados com o ocorrido, alguns deles prestaram homenagens em rede social. Afirmavam que ele era um rapaz trabalhador, de boa índole e companheiro. Um de seus amigos o classificou como “um cara sem defeitos”.

A mãe do rapaz segue internada no hospital São Marcos, em Itumbiara, para onde foi transferida, após a cirurgia, o último boletim médico informou que seu quadro de saúde é considerado estável.

Segue abaixo vídeo da matéria:

#Investigação Criminal