Avaliada em R$ 2,5 milhões, a Polícia Federal apreendeu, pela segunda vez, o carro do empresário #Eike Batista, modelo Lamborghini Aventador. Segundo o delegado titular da delegacia de Combate à #Corrupção (Delecor), Tácio Muzzi, também foram apreendidos outros veículos, mas que o balanço ainda não foi fechado. Os carros, no entanto, ficarão na casa do empresário, ainda bloqueados.

Em 2015, um outro carro apreendido de Eike virou notícia. Um Porsche Cayenne branco, que estava sob responsabilidade da Justiça, foi utilizado pelo juiz Flávio Roberto de Souza, do Rio de Janeiro. O Tribunal Regional Federal da 2ª Região condenou o juiz por violação do Código de Ética da Magistratura – a pena foi a aposentadoria compulsória com direitos proporcionais ao tempo de serviço.

Publicidade
Publicidade

Naquele mesmo ano, a PF apreendeu outros cinco veículos, o equivalente a 127.000 reais em dinheiro (90.000 reais e 27.000 em outras moedas), 16 relógios, um celular e um computador na casa do empresário, no Jardim Botânico, na Zona Sul do Rio de Janeiro.

Na manhã desta quinta-feira (26), A Polícia Federal e o Ministério Público Federal realizaram uma operação para cumprir nove mandados de prisão preventiva e quatro conduções coercitivas na Operação Eficiência, desdobramento da #Lava Jato no Rio de Janeiro. O empresário Eike Batista estava entre os principais alvos com mandados de prisão expedidos e o advogado do empresário Eike Batista, Fernando Martins, informou que o empresário está em Nova York, nos Estados Unidos, e que seu cliente pretende se entregar à Justiça o mais breve possível.

“Estamos em contato com a Polícia Federal e o Ministério Público Federal, e a intenção dele é cooperar com esses órgãos, como sempre cooperou, e retornar o mais rápido possível”, disse o advogado.

Publicidade

O empresário é acusado pela Justiça Federal como parte da operação Eficiência, que investiga um esquema de corrupção liderado pelo ex-governador Sérgio Cabral que teria ocultado cerca de 100 milhões de dólares no exterior, de acordo com as investigações.