Andar de transporte público pode trazer muitas situações constrangedoras para os passageiros. Quase sempre lotados, metrôs, trens e ônibus possuem todo o tipo de gente, inclusive, os "engraçadinhos". Uma mulher, por exemplo, voltava do trabalho no metrô da cidade de São Paulo, quando flagrou um homem se tocando. Sentado no banco, o homem colocou a mão dentro da calça e ali mesmo fez movimentos reveladores, que chocaram muita gente. A passageira então decidiu filmar tudo e colocar o conteúdo nas redes sociais, a fim de denunciá-lo. O nome do homem não foi identificado. Ele não chega a exibir o seu órgão genital durante a filmagem.

A mulher que postou as imagens diz que o conteúdo é uma prova do que mulheres passam constantemente, ao entrarem em transportes lotados.

Publicidade
Publicidade

É bom lembrar, no entanto, que o metrô de São Paulo, nos horários de pico, possui vagões femininos, feitos justamente para evitar esse tipo de cena. O homem denunciado aparece nas imagens olhando fixamente para uma passageira, como se tivesse a desejando. A mulher diz que a tal passageira seria menor de idade, mesmo assim, o passageiro não tirava os olhos dela. A internauta gravou tudo e revelou o rosto do suposto tarado. Por questões legais, preferimos esconder o rosto do homem, que até onde se sabe não recebeu nenhuma acusação formal na delegacia, mas sim apenas nas redes sociais. A exposição do vídeo feita pela passageira também pode ser vista como um #Crime.

De qualquer forma, as imagens choraram muitas pessoas. "Infelizmente, já vi essas coisas e até atos piores. Eles não tem a menor noção do que fazem, tampouco se preocupam com quem está à volta", disse Ana Amélia, que também é de São Paulo e garante pegar o metrô com frequência.

Publicidade

Veja abaixo o vídeo que mostra o homem praticando o ato libidinoso em um transporte público. Na sua opinião, a mulher fez bem ao exibir o rapaz se tocando e colocar tudo nas redes sociais? Deixe o seu comentário. Ele é sempre muito importante para todos nós e ajuda a estabelecer o diálogo.