O desejo de ter um bebê nos braços é muito comum em mulheres jovens que acabaram de se casar. Elas querem completar a família, aumentar o número de pessoas na casa e ter um pequeno correndo pelos corredores alegra qualquer casal. As crianças são responsáveis pela alegria dos pais, que passam a se dedicar de corpo e alma para os filhos, principalmente enquanto ainda são apenas bebês.

Essa vontade de ter um filho nem sempre é bem interpretada pelo casal, que pode ter dificuldades em gerar uma criança. Seja por inúmeros problemas, acaba que a gravidez não é uma realização para algumas mulheres. Esse impedimento pode fazer com que algumas cometam loucuras em busca de ter um filho.

Publicidade
Publicidade

Crimes bárbaros já aconteceram envolvendo a gravidez, como a mulher com oito meses de gestação que foi morta recentemente no Rio de Janeiro atraída por uma falsa grávida. Esses crimes deixam muitas pessoas chocadas por tamanha brutalidade.

A mulher que assassinou a grávida mantinha uma falsa gravidez para a família, e pensou que poderia se apoderar do bebê da outra. As histórias de falsa gravidez acabam colocando toda a família em jogo por uma mentira contada pela grávida.

Uma mulher pode ser levada a mentir sobre a gravidez por diversos motivos. Pode ser por problemas ao engravidar, impedimentos relacionados ao casal, ou até mesmo afetivos. Muitas não procuram ajuda médica e acabam mentindo sobre o estado de gravidez.

Foi isso que Eliane fez no norte do Rio de Janeiro. Ela estava desaparecida e quando foi encontrada pelos familiares disse que não estava mais grávida.

Publicidade

A farsa da mulher caiu por terra após exames comprovarem que ela nunca esteve esperando um bebê.

A mulher estava supostamente grávida de nove meses e daria a luz em breve. Ela foi encontrada pouco tempo depois de ser dada como desaparecida pelos agentes da Delegacia de Descoberta de Paradeiros (DDPA). Os exames comprovaram que ela não estava esperando uma criança e a mulher voltou para a casa na companhia de seu marido.

Ao chegar em casa, o sogro da falsa grávida relatou que ela estava em pânico com toda a situação que envolveu toda a família. Eliane chegou a comemorar a gravidez nas redes sociais, exibindo fotos e uma barriga que aparentava uma gestação verdadeira. #Crime #Investigação Criminal