Nesta quinta-feira, 5, a polêmica da famosa 'Grávida de Taubaté' voltou aos assuntos mais comentados da internet. O motivo é que uma foto começou a circular no Twitter. Ela mostra uma mulher grávida com uma barriga enorme. Tudo começou por conta de um post feito na internet, em que uma menina dizia-se grávida de quadrigêmeos, assim como o famoso caso do ano de 2012. A grávida, dessa vez, contava na mensagem que seu marido saiu da Paraíba e foi procurar emprego na maior cidade do país, São Paulo. Tudo, no entanto, acabou tendo um desfecho surpreendente. O que parecia uma volta ao passado, na verdade, não passava de uma grande brincadeira.

A menina que está nas imagens é Sayonara Fideles.

Publicidade
Publicidade

Ela tem vinte e quatro anos e mora na Paraíba. Em entrevista ao site da Revista Veja, a jovem moradora da Paraíba disse que tudo foi uma brincadeira e que jamais imaginou que o caso tomaria as proporções. A brincadeira teve início quando um grupo do Facebook decidiu realizar um concurso na internet. Quem vencesse, passaria a moderar a página. Uma das brincadeiras era ser cosplay da grávida de Taubaté. Sayonara investiu pesado na brincadeira e foi até à uma maternidade.

Mesmo em um grupo fechado no Facebook, que tem apenas quatro mil usuários, as fotos da jovem alcançaram inacreditáveis 2.400 curtidas. Ou seja, 10% das pessoas curtiram as imagens e não demorou muito para que a brincadeira que estava no grupo viralizasse também na internet. Segundo a jovem, as fotos foram publicadas na quarta-feira.

Publicidade

Em menos de vinte e quatro horas, tudo tomou proporções que ninguém poderia imaginar. O tal grupo agora não para de crescer, indo de 25 mil para 80 mil usuários e mostrando como uma zueira bem feita pode fazer crescer qualquer negócio.

A menina ainda disse que não tinha a intenção de ficar famosa. É bom lembrar que no ano de 2012, uma mulher enganou o jornalismo brasileiro com uma nítida barriga falsa. Ninguém sabe bem ao certo o que aconteceu com a verdadeira grávida de Taubaté depois disso. #Crime #Investigação Criminal