Um homem foi preso pela polícia, na quarta-feira, 29 de dezembro, na cidade de Arapiraca, a cerca de 128 km de Maceió, capital de Alagoas (AL). O homem, identificado como Waldemir Araújo de Lima, de 35 anos, é acusado de ter estuprado suas duas filhas, uma de 14 anos, e a outra de 17 anos.

Segundo informações, as denúncias foram feitas pelo Conselho Tutelar da cidade que levaram à prisão do acusado em flagrante. Conforme consta no depoimento de uma das vítimas, a menor de 14 anos disse para a polícia que os estupros aconteciam sempre quando o suspeito estava sob efeitos de drogas e álcool. Segundo ela, o acusado abusava dela sexualmente desde que, ela tinha sete anos, inclusive, com o consentimento de outros membros da família.

Publicidade
Publicidade

Segundo informações repassadas pela polícia, a outra vítima, de 17 anos, que está morando atualmente na cidade de São Paulo (SP), está grávida, e a polícia suspeita de que o acusado seja o pai da criança.

Ainda, de acordo com a polícia, os estupros eram frequentes e tinham o conhecimento dos familiares, inclusive da mãe das adolescentes, que também será investigada pela polícia. De acordo com o delegado Arthur César, titular da delegacia da cidade e responsável pela investigação, Waldemir é pai de sete filhos, sendo que seis são mulheres. Ainda, de acordo com César, tudo que a polícia sabe até no momento é que as duas adolescentes mais velhas eram violentadas sexualmente pelo indivíduo, mas as investigações continuam.

Segundo César, a polícia de São Paulo vai ser acionada para que a jovem seja ouvida e confirme os abusoscometidos pelo pai.

Publicidade

César ainda disse, quando a família morava em São Paulo, e a mãe das vítimas tinha denunciado o esposo para a Polícia Civil do Estado de São Paulo, mas, segundo ela, as investigações pararam, por motivos ainda desconhecidos. Já o acusado foi preso pela polícia no momento em que estava trabalhando numa obra na cidade de Arapiraca.

Conforme os relatos dos policiais, o mesmo tentou despistar os policiais com outro nome, mas foi desmascarado por uma de suas filhas de apenas 3 anos. Em seguida, ele foi encaminhado para a delegacia da cidade, onde prestou o seu depoimento, sendo foi autuado pelo #Crime de #Estupro. Um inquérito foi aberto e o caso segue sendo investigado. #Casos de polícia