Nesta quarta-feira, 11, o site 'O Fuxico Gospel' publicou um polêmico vídeo. Nas imagens, o pastor Reuel Bernadino faz um polêmico desafio, o de que mil fieis doem R$ 1 mil à igreja. Reuel é presidente do Congresso Gideões Missionário da Última hora e sua família está no evangelho há muitos anos. O pai do pastor que aparece no vídeo, Cesino Bernardino, que já faleceu, por exemplo, foi um nome muito conhecido dentro das igrejas. Nas imagens, o filho de Cesino diz que muitas pessoas, falando que sentiam a presença de Deus, decidiram fazer uma doação generosa. Elas teriam, segundo Bernadino, participado intuitivamente da campanha para erguer a igreja.

Publicidade
Publicidade

Segundo o pastor, até mesmo um católico teria ligado para ele e mostrado sua vontade em doar mil reais. Após esse primeiro telefonema, muitas outras pessoas teriam feito a doação da quantia, que, atualmente, supera o valor de um salário mínimo. Enquanto o líder religioso falava no altar, muitos homens, aparentemente pastores, observam toda a cena. Alguns parecem desconfortável com o suposto pedido divino em dar uma quantia tão alta para a Congregação, especialmente em períodos de crise, quando o Brasil tem mais de doze milhões de desempregados.

Um homem ancião, no entanto, aparece no altar e mostra-se muito revoltado. Ele grita fortemente contra o pastor, que simplesmente abaixa a cabeça e não continua fazendo a homilia. Apesar da voz do ancião não poder ser ouvida pelo microfone, ele indaga: "Até quando vais continuar mentindo? Homem, Até quando tu enganarás? A tua capa vai cair, chega de engano e mentira".

Publicidade

A atitude do homem ganhou grande repercussão na web e aconteceu após episódio parecido em outra igreja, a Mundial do Reino de Deus. Lá, o pastor Valdemiro Santiago, que recentemente sofreu um atentado a facadas em meio ao culto, pediu que oito mil fieis fizessem uma doação de mil reais. Segundo ele, o dinheiro seria utilizado para manter a igreja na televisão.

Veja abaixo o vídeo que mostra o vídeo que mostra o fiel irritado com o religioso:

#Famosos