Aconteceu na manhã de domingo, 8, algo que surpreendeu o Brasil. Em um culto evangélico, um homem aparece e esfaqueia o pastor Valdemiro, que é o líder da #Igreja Mundial do Poder de Deus. O ataque aconteceu no momento em que o pastor orava.

Segundo o site "Gospel Prime", o rapaz que tinha uma aparência desesperadora e esperou o pastor terminar de ouvir um testemunho e orar pelos fiéis para subir no púlpito com um facão. Depois, esfaqueou o pastor no pescoço.

Todos ficaram desesperados porque ninguém viu o rapaz subindo no púlpito; testemunhas informam que só ouviram os gritos e o rapaz descendo do púlpito correndo.

Em vídeo, o pastor pede oração e explica que a pessoa só morre quando Deus quer e que milagres acontecem em todo o tempo.

Publicidade
Publicidade

O líder da Mundial também informa que perdoou a pessoa que o esfaqueou e que o mesmo carece de perdão e misericórdia de Deus. Ele também afirma que vai orar pela vida do rapaz.

Valdemiro voltará as suas atividades em um futuro bem próximo como se nada tivesse acontecido e afirma que isso não é nada diante de tudo que ele já passou nessa vida.

O pastor Valdemiro será liberado e ficará em repouso, a assessoria do pastor informou que terá um rodízio de uma equipe médica para ficar monitorando o pastor 24 horas por dia até ser liberado para voltar as atividades normais da igreja.

Diante desse ato que quase matou o pastor, a igreja levantará um clamor pela vida do apóstolo e ofertará um culto de agradecimento pela vida do líder da Igreja Mundial.

Atentados aos pastores

No ano de 2016, o pastor Cledson de 38 anos de Itabuna estava em seu carro um Fiat Uno e foi surpreendido por uma moto com dois rapazes que chegaram atirando.

Publicidade

Um dos disparos acabou acertando o Cledson no pescoço, mas, mesmo perdendo muito sangue, o pastor dirigiu até o hospital.

O disparo não atingiu nenhum osso e Cledson sobreviveu. Foi um milagre - disse o pastor - que tinha recebido uma revelação de uma irmã na igreja que ele sofreria um atentado e que Deus estava guardando a sua vida. #Religião #Crime