As decisões e sentenças concedidas pelo juiz federal de 1ª instância, Sérgio Moro, na Operação #Lava Jato, em sua maioria são mantidas em 70% dos casos, segundo reportagem publicada no jornal “Folha de S. Paulo”. O veículo fez uma pesquisa sobre o andamento das apelações das sentenças dadas por Moro. O Tribunal responsável por analisar as sentenças dadas por Sérgio Moro é o Tribunal Regional Federal da 4ª região (TRF-4). Segundo a reportagem, além de manter 70% das penas, algumas são endurecidas ainda mais pelo Tribunal, após a análise dos pedidos.

Até o momento, Moro condenou 83 pessoas. Dos 23 condenados que pediram apelação foram analisados pelo TRF-4, todos tiveram suas penas mantidas e outros 8, as penas endurecidas.

Publicidade
Publicidade

Quatro condenados acabaram conseguindo a absolvição e apenas três tiveram as penas amenizadas com a diminuição do tempo de condenação.

Decisões de Habeas corpus e prisões preventivas foram excluídas dessa pesquisa, que foi feita pela Folha em parceria com a #Justiça Federal do Paraná.

Ajufe manifestou apoio às decisões de Sérgio Moro

A Associação dos Juízes Federais do Brasil, a Ajufe, já manifestou amplo apoio às decisões judiciais concedidas pelo juiz comandante da Operação Lava Jato. Por meio de nota, a Associação divulgou apoio à capacidade de julgamento do juiz e destacou a “isenção e a capacidade” de Moro, que conduz a maior operação de combate à corrupção já vista no país.

Advogados dos réus protestam

Os advogados dos réus que têm de responder processos para o juiz federal de 1ª instância alegam que o Judiciário é “medroso e receoso” em contrariar a opinião pública, já que Sérgio Moro tem amplo apoio popular nas manifestações que ocorreram em todo o país e em pesquisas divulgadas, em que são feitas consultas à população.

Publicidade

Para os advogados, o povo tende a clamar por mais punições, mesmo que estas aconteçam à revelia das leis que regem o país. Devido a esse fato, processos e mais processos de abuso de autoridade são abertos, para que seja investigada a forma com a qual Moro conduz os processos. #Sergio Moro