Neste domingo, 15, o 'Fantástico', da TV Globo, exibiu uma ampla reportagem sobre a relação de políticos importantes com as rebeliões em todo o Brasil. Em áudios conseguidos com a polícia federal, entidades do Amazonas são flagradas batendo papo com chefes do tráfico. Em outros momentos, fica claro, os presos tinham plano de conseguir vereadores que os apoiassem. Dessa forma, aos poucos, eles chegariam ao poder, mudariam as leis e tornariam as coisas para os presidiários mais fáceis. As conversas ajudam a explicar como a situação no estado chegou ao ponto que agora é vista. No início do ano, cinquenta e seis pessoas foram mortas dentro do presídio de Manaus. A maioria por esquartejamento de decapitação.

Publicidade
Publicidade

Os áudios exibidos pelo 'Fantástico' trazem o chefe da organização Família do Norte (FDN), José Roberto Fernandes Barbosa, cujo apelido é Zé Roberto da Compensa, anunciando abertamente ao subsecretário de segurança da época, major Carliomar Barros Brandão, que irá assassinar os rivais, do Primeiro Comando da Capital (PCC). As ligações conseguidas pela polícia foram interceptadas dentro da cadeia. O telefone de Zé da Compensa estava grampeado. Ele hoje é considerado o homem principal para as ordens de matança no Norte do país. As gravações foram realizadas em 2014 e evidenciam que, desde aquele ano, esse era o plano de Compensa.

O traficante diz claramente ao governo, por telefone, que tem armas e dinheiro suficiente para fazer o que bem entende. O subsecretário chega a citar o governador do estado na ligação e diz que ele quer paz.

Publicidade

Veja abaixo o vídeo que mostra a conversa entre os bandidos e políticos, que teria influência direta na rebelião do presídio da capital do estado do Amazonas, Manaus. De acordo com as investigações, as rebeliões acontecem por guerra entre as facções rivais. No Amazonas, muitos presidiários do Primeiro Comando da Capital (PCC) foram enviados para alas onde quem mandava era a Família do Norte (FDN). Na sua opinião, o que poderia ser feito para que essa situação comece a mudar no Brasil? Deixe o seu comentário. A sua mensagem é sempre muito importante para todos nós.

#Crime