A cantora Loalwa Braz ganhou fama internacional nos anos 1980 e 1990 com a música 'Chorando se foi'. Ela era intérprete do grupo Kaoma, que ficou conhecido em todo o mundo. O grupo, por conta da música, vendeu mais de vinte e cinco milhões de discos, em 100 países. No entanto, na última quinta-feira, 19, Loalwa teve o sonho interrompido. Ela teve sua pousada, em Saquarema, no Rio de Janeiro, roubada. O crime foi cometido pelo ajudante da cantora, contratado há apenas quinze dias. Wallace, de 23 anos, teria batido com um pedaço de madeira na artista. Em seguida, eles colocaram a intérprete dentro de um carro.

O veículo "morreu" a alguns metros da pousada.

Publicidade
Publicidade

Desesperados, os criminosos colocaram fogo no carro e mataram a cantora viva. Neste domingo, 22, o 'Domingo Espetacular', da TV Record, exibiu uma ampla reportagem sobre o caso. O canal diz que a artista incendiada já estava recebendo ameaças. O programa exibiu, inclusive, uma das últimas grandes entrevistas dadas por Loalwa na televisão. Ela esteve com Augusto Liberato e disse que estava recebendo ameaças de morte e que isso a fez se afastar um pouco dos palcos.

No entanto, recentemente, ela estava com projetos interessantes no campo musical. A cantora ainda recebia um percentual por conta de suas músicas regravadas. A obra 'Chorando se Foi' ganhou versão até na voz de Jennifer Lopez. A carreira internacional começou em Paris, onde a artista morava. O hit 'Chorando se foi' acabou estourando nas paradas de sucesso, levando a lambada no mundo inteiro.

Publicidade

A versão moderna de Jennifer fez o maior sucesso, assim como a da brasileira.

Agora, o que a polícia quer saber é se mais gente pode estar envolvida na morte da 'Rainha da lambada'. Será?

Veja abaixo a reportagem do 'Domingo Espetacular' que trata sobre o caso da cantora do 'Chorando se Foi'. Na sua opinião, o crime contra ela pode ter sido encomendado? Não esqueça de deixar o seu comentário. Ele é sempre muito importante para todos nós e ajuda a criar diálogo sobre o tema.

#Famosos