Na semana que passou, um vídeo acabou causando grande comoção nas redes sociais. Ele mostra uma esposa batendo em uma amante, no meio das ruas de um bairro de Cubatão, no estado de São Paulo. O conflito acabou gerando grande repercussão e deu milhares de acessos na internet. O vídeo foi publicado pela própria mulher no Facebook. Ela, nesse fim de semana, publicou um desabafo, comentando o que sua atitude pode acabar gerando em sua vida. Segundo ela, um ponto final, a partir de agora será colocado no assunto. "Não estou nem aí para o que o povo está falando", diz ela, ao chocar com o desabafo.

A mulher, no entanto, acabou produzindo provas contra ela mesma.

Publicidade
Publicidade

Não é necessário nem que a amante de seu marido a denuncie, mas sim qualquer pessoa de posse do material e que tem ciência do #Crime. Ela pode ser acusada de ameaça, agressão, humilhação pública e ainda exposição da intimidade alheia. Especialistas dizem que os crimes somados poderiam fazer a mulher ficar até dez anos na cadeia. No entanto, como a situação é passional e não houve queixa, muitos até acreditam que não vai dar em nada. "Eu não cobrei apenas ela, cobrei ele também", comenta ela no recado publicado no Facebook.

Segundo a traída, o marido dela também apanhou, mas teria conseguido correr. As roupas do traidor teriam sido colocadas no meio da rua e depois rasgadas. O que sobrou foi parar em um saco de lixo, que foi entregue à mãe do ex-companheiro da mulher de Cubatão. Ela garante que não tem a menor chance de voltar a ter um relacionamento com ele.

Publicidade

O caso repercutiu até fora do Brasil, nas redes sociais chinesas. O país é especialista em viralizar conteúdos de barraco envolvendo casais.

A mulher de Cubatão diz que apenas deu uns tapas de leve na amante e que dor mesmo ela só sentiu na alma. Já o marido traidor, ninguém tem notícias dele. A moça que apanhou, desfilou nua, teve o cabelo cortada e foi exposta no Facebook não estaria mais saindo de casa, tendo vergonha da exposição que teve na região. Deixe seu comentário.