Pierre de Freitas, brasiliense, 49 anos graduado em Artes Visuais pela Universidade Federal de Goiás, foi vítima neste domingo, 15, de sua própria #Selfie. O fato ocorreu pela manhã após tentar tirar a foto de um penhasco numa zona rural de Palmas, região de Serra do Carmo. A trilha onde o também militar e artista plástico seguiu era de difícil acesso, mas Pierre conhecia bem a região.

Segundo relato de testemunhas ouvidas pela perícia, Pierre caiu de uma altura de 70 metros ao tentar realizar uma arriscada selfie. O artista plástico escorregou e infelizmente morreu no local.

Pierre era bastante envolvido na cena cultural da capital tocantinense, tendo recebido o título de Cidadão Palmense por seu trabalho artístico.

Publicidade
Publicidade

Também foi presidente da Fundação Cultural de Palmas. Atualmente fazia trabalhos como tatuador e também era professor.

Os bombeiros e a polícia militar foram acionados por volta das 8h da manhã por uma turista canadense que acompanhava Pierre.

A família de Pierre afirmou que ele conhecia bem a trilha e tinha o hábito de tirar fotos no local.

O corpo do homem foi encontrado nos galhos de uma árvore e no local havia muito sangue da vítima. Foram encontrados também celular, tênis, óculos uma corrente de ouro, carteira e outros pertences do artista no curso da queda de 70m por onde o corpo foi caindo. A região é de difícil acesso o que dificultou o resgate do corpo.

Foi necessária a utilização de um helicóptero da Secretaria de Segurança Pública para resgatar o corpo que foi levado para o campo de tiros de Palmas.

Publicidade

Posteriormente o corpo foi levado ao IML para os procedimentos legais e já foi liberado para a família.

O velório acontece na quadra 201 Sul, em Palmas, no Sindicato dos Médicos do Tocantins.

Pierre de Freitas era casado com a médica Thessa Gonçalves Marinho dos Santos de Freitas. Ele deixa três filhos, Gabriela Barcelos de Freitas, Pedro de Freitas e Laís Rocha de Freitas.

Pierre recebeu homenagem dos principais órgãos de influência do Estado, incluindo a Secretaria de Cultura e Câmara de vereadores de Palmas. #Acidente #Morte