No mês de novembro do ano passado, um acidente mexeu com todo o Brasil. Um avião que levava o time da Chapecoense para a final da Copa Sul-Americana caiu, quando faltavam apenas 38 Km para chegar ao aeroporto da cidade de Medellín, na Colômbia. 71 pessoas faleceram e outras seis sobreviveram. Um dos sobreviventes é o goleiro Jackson Follmann. Ele precisou ter uma de suas pernas amputada do joelho para baixo. A operação foi para evitar que uma infecção localizada fosse expandida para o resto de todo o corpo. Em um vídeo gravado nesta sexta-feira, 13, e que acabou viralizando, Follamann anuncia que "vai voltar" para casa.

O vídeo foi gravado de onde o goleiro está internado, um hospital localizado no município de Chapecó, no estado de Santa Catarina.

Publicidade
Publicidade

De acordo com Jackson, a previsão é que ele volte para casa no dia 23 de janeiro, ou seja, em dez dias. A gravação foi divulgada por torcedores da #Chapecoense, que rezam e fazem vigílias pela melhora do ex-atleta. Follmann também recebeu, recentemente, representantes do Comitê Paralímpico brasileiro, que ofereceram alternativas para que a vítima do acidente da LaMia possa continuar no esporte, mas de outra maneira, sabendo usar a limitação da perna amputada.

O vídeo em que Follmann aparece sorridente mostra ele agradecendo ao carinho de todos. Ele agradece, especialmente, aos que oraram por sua melhora. O ex-goleiro, que ainda está com a voz baixa, manda um beijo e abraço para todos. Após a alta do hospital, deve começar o trabalho de fisioterapia com o ex-jogador. Ele deve ser ensinado a fazer coisas simples do dia a dia.

Publicidade

Em entrevista ao jornal Extra, o médico Edson Andre Stakonski, confirmou que a previsão é que o atleta terá mesmo alta no dia 23. Ele explica que a última dose de antibióticos será dada nesta data e que, após isso, ele está libre para fazer a reabilitação com fisioterapeutas.

Após a alta do hospital de Chapecó, Follmann viaja para São Paulo, onde o período inicial de reabilitação durará dez dias. Ele, em seguida, volta a Santa Catarina onde prosseguirá À vida.