Vários técnicos da Aeronáutica conseguiram analisar os áudios do piloto nos últimos trinta minutos antes do acidente, chegando a uma conclusão de que não teria existido qualquer tipo de anormalidade no voo, apesar das investigações ainda continuarem.

Tal como informa o site “Notícias ao Minuto”, a caixa-preta do avião que transportava o relator da #Lava Jato mostra que o piloto teria decidido esperar um pouco para pousar a aeronave, devido à forte chuva que caia naquele momento perto do Rio de Janeiro, no dia 19 de janeiro.

Um dos principais nomes do processo da Lava Jato perdeu a vida de uma forma trágica há cerca de uma semana, colocando o processo contra vários acusados, como é o caso de Lula, em standby durante um período indeterminado.

Publicidade
Publicidade

Rapidamente muitas dúvidas acerca do acidente foram levantadas pelos brasileiros, que questionam se esse desastre foi mesmo causado por um acidente ou se então teria sido “encomendado” por alguém que não se sentia confortável com a influência e o trabalho de #Teori Zavascki, que já foi elogiado por Sérgio Moro.

Com investigação decorrendo há vários dias, a Aeronáutica decidiu informar no início da semana que, depois de analisar os diálogos do piloto nos últimos trinta minutos antes do acidente, não encontrou qualquer tipo de anormalidade que pudesse colocar em causa a condição de acidente. Contudo, apesar da conversa do piloto não levantar qualquer tipo de dúvidas, vários outros sons da aeronave conseguiram ser captados pela caixa-preta, como, por exemplo, um barulho de acionamento de mecanismos da aeronave, que pode dar pistas importantes sobre o que realmente aconteceu, como garante o portal de notícias “G1”.

Publicidade

Nas redes sociais, muitos brasileiros, que estão acompanhando detalhadamente a investigação desse caso, estão surpresos com os primeiros resultados dos técnicos da Aeronáutica, sendo que muitas mensagens pedem para que o áudio de toda a viagem seja analisado várias vezes. Apesar das muitas teorias da conspiração que têm surgido nos últimos tempos, sendo que Lula está presente em muitas delas, o ex-presidente da República já fez questão de realçar publicamente o respeito que tinha pelo trabalho do relator da Lava Jato. #Acidente aéreo