Um avião bimotor que caiu nesta quinta-feira à tarde,19 no litoral sul do estado do Rio, na cidade de Paraty, levava o #Ministro #Teori Zavascki. A confirmação veio do STF (Supremo Tribunal Federal) e também da família. O avião que caiu no sul do estado levava quatro pessoas, inclusive o ministro, que é o relator da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal.

O STF informa também que a presidente do Tribunal Carmen Lúcia e o presidente da República Michel Temer já foram informados do evento.

O filho do ministro, Francisco Zavascki, disse que a família estava aguardando por um milagre, mesmo sabendo que a situação era muito difícil e que probabilidade de estar vivo é muito pequena.

Publicidade
Publicidade

Entretanto às 18h08, o filho confirmou a #Morte do ministro.

As investigações do acidente e da morte do ministro ainda encontram-se em fase preliminar. A Ministra Carmem Lúcia que estava em Minas Gerais está retornando a Brasília para se atualizar dos fatos e auxiliar no que for necessário.

O modelo do avião é Beechcraft C90GT, KingAir, prefixo PR-SOM e partiu do Campo de Marte, São Paulo, às 13h. Os dados foram fornecidos pela FAB (Força Aérea Brasileira).

A aeronave caiu no mar, segundo funcionários do aeroporto de Paraty, às 13h30, quando chovia muito na região.

Até às 18h a informação é que existiam três mortes confirmadas, a do piloto do avião a do ministro e outro corpo não identificado. A quarta vítima, uma mulher, foi encontrada às 18h30. Sua identidade ainda não foi confirmada

O site da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) informa que a aeronave tem capacidade para 7 pessoas além do piloto.

Publicidade

A aeronave é fabricada pela Hawker Beechcraft. O avião está registrado em nome da Emiliano Empreendimentos e Participações Hoteleiras Limitada, mesma empresa dona do hotel que o ministro iria se hospedar em Paraty.

Militares e bombeiros estão no local tentando resgatar os corpos que afundaram após o acidente.

O ministro Teori Zavascki tinha 68 anos de idade era nascido em Faxinal dos Guedes/SC. Foi indicado ao STF pela ex-presidente Dilma Rousseff.