A cada ano mais de 50 mil brasileiros perdem suas vidas com a violência que assola o país. A criminalidade cresce em um ritmo preocupante, e os requintes de crueldade chocam milhares de pessoas que se veem reféns de um sistema de segurança que dá sinais que não possui controle público. Andar na rua até em cidades pequenas não é mais seguro como há pouco tempo.

Um dos tipos de crimes que mais entristece os noticiários são os atos de violência cometidos contra as mulheres. Esses crimes acontecem geralmente por motivos passionais. Quando uma mulher morre vítima de um assassinato, o nome dado é feminicídio, e vemos pouco sendo divulgado sobre isso.

Publicidade
Publicidade

Segundo ativistas e militantes feministas, a visibilidade para crimes contra pessoas do gênero feminino ainda é pequena.

Outros crimes que crescem no país também são os motivados pela internet, conhecidos como crimes cibernéticos. A interação nas redes sociais pode ser um problema para quem não respeita as leis brasileiras. Com a exposição cada vez mais presente na internet, surgiram os famosos ‘nudes’, que são fotos expostas de usuários compartilhadas entre casais, geralmente.

As vezes algumas dessas fotos vazam, por inúmeros motivos. Algumas pessoas não aceitam o fim de um relacionamento e muitas mulheres acabam reféns de seus companheiros. Esse foi o motivo que fez com que um jovem enviasse fotos íntimas de sua namorada para diversas pessoas.

O jovem Jonathan de 23 anos tinha um relacionamento com a garota quem também era sua prima.

Publicidade

Como a jovem não queria reatar com o primo, Jonathan espalhou fotos íntimas da jovem.

O relacionamento conturbado dos dois infelizmente acabou em uma tragédia envolvendo a família. Inconformado com a atitude do sobrinho, o pai da jovem resolveu tirar satisfações com Jonathan. José, de 53 anos chegou na porta da casa do jovem e chamou por ele no portão.

Com apenas um golpe de faca, José matou Jonathan no portão da casa assim que ele abriu a porta. O senhor não aceitava o relacionamento dos primos, que aconteceu em segredo por três anos da família. Após o #Crime, José fugiu e até o momento encontra-se foragido.

O crime bárbaro aconteceu em Betim, região metropolitana da capital mineira, Belo Horizonte. Segundo a polícia militar da cidade, o suspeito encontra-se foragido e buscas foram realizadas na sua residência, porém sem sucesso.

#Investigação Criminal